Administrativa no image

Publicado em 07/12/2012 | por Mestre

Banco Central

Sindicato acredita que haverá muitas v agas…
O presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal), Sérgio Belsito, afirmou que são boas as expectativas com relação à autorização de concurso para o Banco Central (BC), ao menos com relação ao quantitativo de vagas. “Há um clima positivo com relação à concessão das vagas”, disse. Já quanto à permissão ser concedida ainda este mês, o sindicalista se demonstrou menos otimista do que a própria autarquia, que ainda mantém esperança de contar com uma liberação até o fim deste ano. “Acho difícil. Mas existe um trabalho e uma promessa do Ministério do Planejamento de uma posição ainda este ano.”
A solicitação do BC é de 1.850 vagas para o biênio 2013-204. Foram pedidas 400 vagas para técnico (de nível médio, com remuneração inicial de R$5.221,28, incluindo auxílio-alimentação, de R$304), 1.330 para analista (superior; R$13.264,77) e 120 para procurador (bacharelado em Direito; R$15.274,60). Para todos os cargos, as contratações ocorrerão pelo regime estatutário, que proporciona estabilidade. Belsito afirmou que o sindicato tem consultado o BC, além de outras fontes, e que a perspectiva é de autorização de dois concursos, um a cada ano, “com boa quantidade de vagas”. Segundo ele, o BC pretende fazer uso do recurso que permite a contratação de 50% aprovados a mais do que o previsto inicialmente, mediante autorização do Planejamento, mas não abre mão da liberação das 1.850 vagas imediatas pedidas, mesmo que distribuídas por dois concursos.
Para 2013, o BC necessita de 1.090 servidores, sendo 200 técnicos, 830 analistas e 60 procuradores, conforme já divulgou o Departamento de Gestão de Pessoas da autarquia. Segundo o chefe adjunto do setor, Delor Moreira, a intenção do banco, caso a autorização seja concedida ainda em 2012, é divulgar os editais do concurso (um para cada cargo) até março do ano que vem. Ainda de acordo com Delor, as vagas devem ser distribuídas por todas as dez capitais onde o BC possui representação. Além do Rio de Janeiro, há unidades do banco em Brasília (sede), São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Salvador, Recife, Fortaleza e Belém.

Fonte: Folha Dirigida

Tags:


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑