Administrativa no image

Publicado em 26/09/2012 | por Mestre

Banco Central

Banco ainda trabalha no pedido do concurso
O Banco Central (BC) segue trabalhando na elaboração do pedido de concurso para técnico, analista e procurador, que será encaminhado ao Ministério do Planejamento. Segundo o presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal), Sérgio Belsito, na reunião que teve com membros do Departamento de Gestão de Pessoas do banco (Depes), foi informado que a indefinição se deve à análise de novas demandas de pessoal. Segundo fonte na direção do banco, a solicitação pode ser enviada ao ministério nos próximos dias.
Belsito já havia informado que o Depes estuda a possibilidade de solicitar 1.400 vagas somente para técnico e analista, sendo 400 para o primeiro e mil para o segundo, o que foi negado pela Assessoria de Imprensa do BC. Entretanto, fonte na direção do banco informou que o pedido pode ser para um quantitativo ainda maior. A assessoria só confirma que poderão ser pedidas 200 vagas para técnico e de 800 a mil para analista. Não há informação sobre o quantitativo que será solicitado para procurador, para o qual há 104 vagas disponíveis para concurso.
A expectativa do órgão é que a autorização para a realização do concurso seja concedida ainda este ano. De acordo com a fonte no BC, a permissão ainda em 2012, para a realização do concurso no início de 2013, já está acertada com o Planejamento. A seleção será uma grande oportunidade para aqueles que desejam garantir estabilidade (contratações pelo regime estatutário) e boa remuneração. Os ganhos iniciais no cargo de técnico, de nível médio, são de R$5.221,28, já considerando o auxílio-alimentação, de R$304. Para analista, de nível superior, a remuneração no início da carreira é de R$13.264,77, e para procurador, aberto aos advogados, é de R$15.274,60 (ambos os valores incluem o auxílio).
Já foi informado pelo chefe-adjunto do Depes, Delor Moreira, que o concurso será regionalizado, com vagas garantidas para Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo e Belém. Ainda poderá haver chances para Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Salvador, Recife e Fortaleza, onde o banco também possui unidades.
Fonte: Folha Dirigida

Tags:


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑