Categorias no image

Publicado em 16/08/2012 | por Mestre

BNDES

Na reta final
Além do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ser uma das instituições federais mais respeitadas do país, o órgão também é conhecido pela realização periódica de seleções. O próximo concurso, que será realizado ainda este ano, terá a Fundação Cesgranrio como organizadora. O BNDES e a Cesgranrio seguem com os preparativos da seleção para cargos dos níveis médio e superior. Desta forma, os diretores de ambas as instituições estão se reunindo regularmente para definir o cronograma e concluir o edital.
A expectativa é de que até meados de setembro o documento seja liberado, pois é preciso tempo hábil para receber as inscrições, aplicar as provas e divulgar o resultado um pouco antes do cadastro da seleção anterior expirar. O prazo de validade da última seleção termina em dezembro. As oportunidades serão para o Rio de Janeiro, nos cargos de técnico administrativo, que exige apenas o nível médio, e profissional básico, em que é necessário ser graduado em Administração, Análise de Sistemas, Arquitetura, Arquivologia, Biblioteconomia, Comunicação Social, Contabilidade, Direito, Economia, Engenharia ou Psicologia.
Os iniciais são de R$4.088,42 para técnico administrativo e de R$10.345,01 para profissional básico, já incluindo o salário, R$399,08 do auxílio-alimentação e R$823,95 do auxílio-refeição. Além das ótimas remunerações oferecidas, a carga de trabalho é de apenas seis horas diárias. Os aprovados terão direito ainda à participação nas despesas com assistência médica (extensiva aos dependentes), no programa de Assistência Educacional (auxílio-acompanhante, creche e ensinos fundamental e médio) e na previdência complementar através da Fundação de Assistência e Previdência Social do BNDES.
Além das remunerações atrativas e dos ótimos benefícios, quem sonha em ingressar no BNDES pode esperar um alto número de convocações, embora o concurso seja para formação de cadastro de reserva. No último, por exemplo, foram chamados 539 aprovados. A última seleção para técnico administrativo aconteceu em 2010 e foi composta por 35 questões de Matemática (15 questões), Língua Estrangeira (oito), Conhecimentos Específicos sobre o BNDES (seis) e Conhecimentos Gerais (seis). Os aprovados passaram ainda por uma segunda fase, uma redação.
Os candidatos que concorreram ao cargo de profissional básico foram submetidos à avaliação objetiva, que constou de 20 questões de Português, dez de Língua Estrangeira e 40 de Conhecimentos Específicos. A segunda etapa foi composta por uma prova discursiva, em que foram cobradas cinco questões de Conhecimentos Específicos.
Folha Dirigida

Tags: , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑