Categorias no image

Publicado em 04/04/2013 | por Mestre

Bombeiro – Soldado Combatente

Corporação aguarda aval do governo….

Com a possibilidade do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) divulgar os editais de concursos para 610 vagas ainda este mês, é importante que os interessados intensifiquem os estudos. Para o professor de Português Rodrigo Correia, o último edital do concurso para motorista é uma boa base de estudos. “Os candidatos devem usar o último edital como referência de estudo. Refazer a prova, assim como provas anteriores. O conteúdo não deverá ser muito diferente”, indica.

O comando do CBMERJ aguarda apenas o aval da Secretaria de Planejamento (Seplag) para divulgar os editais. Segundo o comandante-geral da instituição, coronel Sérgio Simões, o governador Sérgio Cabral já autorizou as seleções.

Para o professor, mesmo que os editais não sejam divulgados nesse primeiro momento, os candidatos não devem perder tempo. “Quem pretende ingressar nos Bombeiros não pode esperar o edital ser divulgado, já que tem que se preparar, estudando”, comenta.

Das 610 vagas, 400 serão para soldado combatente, 150 para guarda-vidas e 60 para artífice mecânico. O cargo de soldado combatente requer o nível médio e carteira de habilitação na categoria “B”. A remuneração inicial é de R$2.526,80. Os futuros candidatos deverão ter menos de 51 anos, no ato de posse. O regime de contratação será o estatutário, garantindo a estabilidade empregatícia.

O último concurso para guarda-vidas dos Bombeiros foi organizado pela FunRio, em 2008 (março), para 300 vagas. Puderam participar os candidatos nascidos a partir de 1º de fevereiro de 1984, ou seja, até 23 anos. Além disso, era necessário ter altura mínima de 1,60m (para ambos os sexos) e o ensino médio completo.

Já para o cargo de artífice, o último concurso foi realizado em 2001. Na época, a exigência era ter apenas o nível fundamental. No entanto, assim como aconteceu com os outros cargos, a tendência é de que na próxima seleção também seja cobrado o nível médio para artífice. A remuneração ainda será informada pela corporação.

Para quem pretende concorrer a soldado combatente, o programa será o mesmo da seleção para motorista, realizada no ano passado. A única diferença é que não haverá Legislação de Trânsito.

Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑