Categorias no image

Publicado em 17/10/2012 | por Mestre

Bombeiro – Soldado Combatente

É preciso prestar bastante atenção aos testes físicos
Enquanto o concurso para soldado combatente do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) não sai, este é o momento para quem está interessado em participar da seleção já iniciar o preparatório, visto que, além da prova objetiva, os candidatos precisam manter um bom condicionamento físico. Esta etapa é a que mais reprova concorrentes.
“Sem dúvida alguma, essa é a etapa que mais reprova no certame. O índice de reprovação no último concurso foi tão elevado que vagas ficaram ociosas. Foi mais de 70% de inaptidão em todas as modalidades e cerca de 95% na prova de barra fixa para o sexo feminino, ressaltando as atividades em que as pessoas mais apresentam dificuldade. “Corrida de resistência, barra fixa e natação.”
A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o mínimo de três vezes por semana a prática de atividade física, para que o indivíduo não se torne um sedentário. No entanto, quanto mais próximo estiver da prova, maior deve ser a intensidade do treino.
Quem está concorrendo ao cargo de soldado motorista será avaliado no fim deste mês. Neste caso, o ideal agora é que se treine todos os dias. Estes treinos devem ser prescritos e supervisionados por um professor, para que não haja um estresse por excesso de treino, levando o aluno a lesões graves.
Alerta-se aconselha aos candidatos de ambas as seleções para que não caiam em algumas armadilhas que podem aparecer no caminho. Parar de comer para emagrecer rapidamente e treinar desesperadamente com a visão de ´quanto mais, melhor´ é uma loucura, não caiam neste erro. Lembrando que nas atividades que vocês serão submetidos é importante que o organismo tenha energia suficiente para suportar a carga de treinamento, e essa energia advém dos nutrientes ingeridos através da alimentação, destacando o quanto é importante manter uma alimentação balanceada.
Segundo o diretor-geral de Pessoal do CBMERJ, coronel Gilvan de Castro, o concurso para combatentes trará, a princípio, 246 vagas no cargo, que requer nível médio completo e carteira nacional de habilitação na categoria “B”. A seleção terá validade de dois anos, podendo dobrar, e durante este período, o número de contratações poderá chegar a 400.
O coronel disse, ainda, que as avaliações objetivas deverão ser praticamente idênticas às do último concurso para o cargo, ocorrido em 2008, e às provas que foram aplicadas para soldado motorista, exceto pela disciplina de Legislação de Trânsito, que não será pedida para os combatentes.
A remuneração inicial para as funções de soldado motorista e soldado combatente, após o curso de formação pelo qual todos passarão ao ingressar na corporação, será de R$2.526,80, já de acordo com a nova tabela salarial dos Bombeiros, que entrará em vigor em fevereiro de 2013.
Fonte: Folha Dirigida

Tags: ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑