Categorias no image

Publicado em 25/06/2012 | por Mestre

Bombeiros – RJ

Vagas para Motorista
A novela do concurso para a função de soldado motorista do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro continua ganhando novos capítulos. Embora o diretor de Pessoal da corporação, coronel Gilvan de Castro, tivesse dito que o edital estava previsto para a última sexta, dia 15, a divulgação do documento não ocorreu. O coronel Gilvan de Castro já afirmou que a taxa de inscrição será de R$100. A princípio, serão 100 vagas de motoristas, cujos requisitos são possuir o ensino médio completo e carteira nacional de habilitação (CNH) a partir da categoria C. A remuneração inicial dos futuros servidores será de R$2.736, já somados com os R$350 de gratificação e R$100 de transporte.
Um dos atrativos desta seleção é o fato de ela proporcionar estabilidade profissional, já que a contratação se dará através do regime estatutário. Outro ponto positivo do concurso é que ele poderá ter um número ainda maior de vagas, segundo o coronel Gilvan. “Já negociamos com a Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado do Rio de Janeiro (Seplag-RJ) e eles autorizaram 400 vagas para esse ano e mais 400 para 2013. Para esse concurso de motorista que vai sair ainda em junho, teremos 100 vagas. Além dessas, convocamos 126 aprovados do último concurso para combatentes de 2008, mas apenas 54 apareceram para tomar posse. Isso significa que temos sobra de vagas e que usaremos elas ou na seleção para motorista, ou na próxima de combatente, no segundo semestre desse ano. Essa questão ainda será decidida, pois a realidade é que temos carência em ambas funções. O que é certo é que contrataremos 400 novos servidores esse ano e 400 no ano que vem”.
Gilvan adiantou que o processo seletivo seguirá o mesmo esquema do concurso anterior, realizado em 2008, quando foi aplicada uma prova objetiva com 40 questões sobre as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Os aprovados nesta avaliação foram submetidos ao exame de capacitação física, composto por corrida de meio fundo (2.400m), corrida de velocidade (100m), abdominal (40 repetições), barra (três repetições) e natação (50m). Houve, ainda, uma prova prática de direção veicular, onde foram pontuadas as faltas graves, médias e leves. Em seguida, os candidatos aprovados passaram por exames de saúde, social e documental, e ainda tiveram que fazer um curso de formação dos Bombeiros com duração de seis meses.
Fonte: Folha Dirigida

Tags: , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑