Dicas no image

Publicado em 04/12/2012 | por Mestre

Bombeiros – Soldado Combatente

Oferta poderá ser ampliada para 600 vagas…

A oferta de vagas do concurso para soldado combatente do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, programado para breve, poderá ser ampliada. O diretor-geral de Pessoas, coronel Gilvan de Castro, informou que a corporação está negociando com o governo que o quantitativo passe de 246 para 600 vagas. Como o comando do Corpo de Bombeiros está focado nas negociações para a ampliação das vagas, dada a grande necessidade de pessoal, a divulgação do edital, que estava prevista para dezembro, sofrerá um pequeno atraso. Segundo o coronel Gilvan, a abertura do concurso deverá ocorrer no primeiro semestre de 2013, o que permitirá que os futuros candidatos tenham mais tempo de estudo.
“O comandante-geral, coronel Sérgio Simões, está negociando com o Executivo a abertura de concurso para 600 vagas de soldado combatente, sendo 300 para preenchimento em 2013 e outras 300 em 2014. Assim que ele receber o aval, encaminherei a solicitação para a Secretaria de Planejamento (Seplg) autorizar oficialmente a seleção”, explicou o coronel Gilvan de Castro. O processo anterior que tramitava na Seplag, para a abertura de 246 vagas, foi arquivado em virtude das negociações para o aumento da oferta.

O diretor-geral de Pessoas dos Bombeiros informou que, assim que a Seplag der a autorização oficial para abertura do concurso, o edital deverá ser liberado em curto espaço de tempo. “Já temos o edital do concurso praticamente pronto, bastando apenas definirmos o cronograma, ou seja, o período de inscrições e as datas das etapas de seleção. Assim que recebermos a autorização, faremos imediatamente a licitação para a escolha da organizadora e definiremos essas pendências”, informou.

O coronel Gilvan de Castro está otimista quanto à autorização, por parte do governador e da Seplag, da ampliação das vagas e a consequente abertura do concurso. “Acredito que conseguiremos a aprovação para a ampliação das vagas. Autorizando o concurso e o aumento, o edital sairá tranquilamente no primeiro semestre. Queremos concluir todo o processo ainda em 2013, para iniciarmos a convocação dos primeiros colocados no mesmo ano”, afirmou.

O cargo de soldado combatente requer o nível médio e carteira nacional de habilitação na categoria “B”. A remuneração será de R$2.526,80, de acordo com a nova tabela salarial dos Bombeiros, que entrará em vigor em fevereiro de 2013. Além da escolaridade exigida, os futuros candidatos devem ter menos de 51 anos no ato de posse. O regime de contratação será o estatutário, garantindo a estabilidade empregatícia.

Processo de seleção já está definido

Os futuros candidatos a soldado combatente dos Bombeiros serão avaliados por meio de prova objetiva, teste de capacitação física, exames de saúde, social e documental e, por fim, curso de formação, ministrado pela própria corporação e que costuma ter duração de seis meses.

Segundo o coronel Gilvan, a avaliação de múltipla escolha deverá seguir o padrão da aplicada aos candidatos a soldado motorista, cujo consurso foi realizado este ano. “O programa será o mesmo do concurso de motorista, com a exclusão apenas da Legislação de Trãnsito”, garantiu.

Desta forma, a prova objetiva deverá constar de 40 questões, distribuídas por Língua Portuguesa e Raciocínio Lógico. Nos exames físicos, os candidatos serão submetidos a corrida de meio fundo (2.400m), corrida de velocidade (100m), abdominal (30 repetições), barra (três repetições) e natação (50m).

Mais vagas – Além da ampliação das vagas para soldado combatente, o coronel Gilvan de Castro informou também que a corporação está negociando com o governo a autorização para chamar mais 200 aprovados do concurso para motorista. “Vamos seguir o mesmo trâmite do soldado combatente. Assim que tivermos o aval do Executivo, encaminharei o pedido para autorização forma da Seplag”, finalizou.

Especialista diz que atraso do edital é positivo

Especialista na área de concursos e professor de Matemática, Marcos Antonio de Almeida avalia de forma positiva o atraso na divulgação do edital do concurso para soldado combatente dos Bombeiros.  “Com o anúncio do atraso na divulgação do edital do concurso para soldado combatente dos Bombeiros  e com o possível aumento do numero de vagas, os futuros candidatos podem aproveitar o tempo para se dedicarem aos estudos. Também é impostante que eles dediquem um tempo para o teste físico, que,  em geral, costuma reprovar vários participantes”, afirmou o professor.

Como o conteúdo programático deverá ser o mesmo do atual concurso para soldado motorista, o professor orienta os futuros candidatos a estudarem principalmente razões e proporções, regras de três simples e compostas, porcentagem, frações, MMC e MDC, geometria plana (principalmente áreas) e problemas nas quatro operações. “A minha orientação é que os futuros candidatos pratiquem bastante exercícios dando ênfase às questões de provas anteriores”, encerrou.

Fonte Folha Dirigida

Tags: ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑