Militar concurso-Aeronautica

Publicado em 23/10/2018 | por Mestre dos Concursos

Concurso Aeronáutica 2019: Seleções previstas para o primeiro semestre

Ao longo do último ano a Aeronáutica publicou uma série de editais de concurso público. Para 2019, as expectativas não são diferentes, uma vez que a maioria dos concursos para admissão na Força Aérea Brasileira (FAB) são anuais.

Uma informação importante é que, diferente da Marinha do Brasil, outro componente das Forças Aéreas Brasileiras, a Aeronáutica não tem previsão de concursos para civis do quadro efetivo, portanto, as próximas oportunidades devem contemplar apenas carreiras militares.

Veja quais são as previsões para o concurso Aeronáutica 2019, as últimas seleções abertas, as carreiras que eles contemplaram, os requisitos para contratação, além da forma de avaliação e vencimentos iniciais.

Concurso Aeronáutica 2019

Curso Preparatório de Cadetes do Ar (CPCAR), Curso de Formação de Oficiais de Infantaria (CFOINF) e Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento (EAGS) foram algumas da áreas que abriram vagas em 2018.

Embora a Aeronáutica ainda não tenha divulgado o calendário para 2019, por se tratarem de seleções anuais, a expectativa é de que novos editais para admissão em 2020 sejam publicados no decorrer de todo o ano.

Concurso Aeronáutica 2018

Conforme mencionado no início, no último ano foram muitas oportunidades para ingresso na Aeronáutica. Foram contempladas vagas que vão desde o nível fundamental, até o nível superior.

Vale frisar que, apesar de a realização dos certames acontecer em 2019, o ingresso dos aprovados nos respectivos cursos de formação acontece apenas em 2019. Além disso, apesar de boa parte das vagas serem nacionais, os cursos acontecem em unidades específicas. Algumas das mais conhecidas ficam nas cidades de Barbacena-MG, Pirassununga-SP e Guaratinguetá-SP.

Para se preparar para as próximas seleções, confira alguns detalhes dos editais mais recentes.

Curso de Formação de Sargentos (CFS) e Estágio de Adaptação à Graduação de Sargentos (EAGS)

Publicado em julho de 2018, foram 279 oportunidades para ingresso em julho de 2019. A exigência de escolaridade é ensino médio completo e a remuneração inicial prevista é de R$ 3,8 mil.  Podem concorrer candidatos de ambos os sexos, desde que tenham idade entre 17 e 25 anos e cumpram demais requisitos estipulados pelo regulamento.

As vagas foram divididas em diversas áreas. Controle de Tráfego Aéreo foi o maior destaque, com 128 oportunidades. Comunicações, Eletricidade e Instrumentos, Cartografia, Desenho e Eletromecânica são algumas das outras opções oferecidas.

Os candidatos foram avaliados por meio de provas escritas, inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, teste de avaliação do condicionamento físico, procedimento de heteroidentificação complementar e validação documental.

O Curso de Formação tem duração média de dois anos e é realizado na Escola de Especialistas da Aeronáutica (EEAR), situada em Guaratinguetá-SP.

Para ingresso no primeiro semestre de 2019, em janeiro de 2018 foram abertas 183 vagas para o Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento (EAGS), em diferentes especialidades.

Curso de Adaptação de Médicos da Aeronáutica (Camar)

Com lotação prevista para diversas localidades do país, o certame ofertou 104 oportunidades para médicos. As especialidades contempladas foram Família e Comunidade, Pediatria e Otorrinolaringologia. O salário inicial dos aprovados é de R$ 8.245,00.

Além da graduação em Medicina, a idade máxima estabelecida para investidura na carreira é de 35 anos.

Os inscritos foram avaliados por meio de provas escritas, inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, teste de condicionamento física, prova prática oral e validação documental. Aprovados em todas as etapas são matriculados no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), em Minas Gerais. A formação tem duração aproximada de 17 semanas.

Curso Preparatório de Cadetes do Ar (EPCAR)

A seleção contou com 180 vagas, sendo 160 para candidatos do sexo masculino e 20 para o sexo feminino. A escolaridade mínima exigida é fundamental completo, além de idade mínima de 14 e máxima de 18 até o último dia do ano de início do curso.

Os concorrentes são avaliados por meio de etapas que incluem provas escritas, inspeção de saúde, inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, avaliação do condicionamento físico e validação documental.

Aprovados e classificados em todas elas são considerados aptos a se matricular na escola sediada em Barbacena-MG. O curso tem duração de três anos, na habilitação de aluno da EPCAR (praça especial). Terminado o curso, os alunos poderão concorrer a uma das vagas do Curso de Formação de Oficiais Aviadores da AFA.

Cursos de Formação de Oficiais Intendentes (CFOINT), Aviadores (CFOAV) e de Infantaria (CFOINF)

Juntos, os três editais ofereceram 84 vagas para ingresso apenas em 2019. Nos Cursos de Formação de Intendentes e Oficiais Aviadores as vagas foram para candidatos do sexo masculino e feminino, enquanto o de Oficiais de Infantaria abriu vagas apenas para candidatos do sexo masculino.

Os requisitos para investidura são ter ensino médio completo e não possuir menos de 17 anos e nem completar 23 anos até 31 de dezembro do ano de início do curso de formação. A duração do mesmo é de quatro anos. A realização se dá na Academia da Força Aérea (AFA), sediada em Pirassununga – SP.

Ao término do curso o cadete será declarado Aspirante a Oficial da Força Aérea Brasileira.

Cursos de Adaptação Cafar e Cadar, Estágios de Adaptação de Oficias Eaoap e Eaoear e Estágios de Instrução e Adaptação de Capelães (Ie/Ea Eiac)

No final de janeiro de 2018 a Aeronáutica publicou cinco editais de concursos nacionais, com vagas em carreiras de nível superior. Foram 54 oportunidades, com a seguinte divisão:

  • Curso de Adaptação de Dentistas da Aeronáutica (Cadar) – dez vagas
  • Curso de Adaptação de Farmacêuticos da Aeronáutica (Cafar) – quatro vagas
  • Estágio de Adaptação de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica (Eaoear) – 20 vagas
  • Estágio de Adaptação de Oficiais de Apoio (Eaoap) – 16 vagas
  • Estágio de Instrução e Adaptação para Capelães da Aeronáutica (Ie/Ea Eiac) – quatro vagas

Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas e discursivas, exame de saúde, teste de aptidão física e validação documental. Inscritos para as vagas de farmacêutico e dentista também passaram por prova prático-oral.

A idade máxima para engenheiros, farmacêuticos e dentistas foi de foi de 36 anos até 31 de dezembro de 2019. Enquanto para oficiais de apoio foi de 32 anos até a mesma data. Capelães tiveram que comprovar idade entre 30 e 40 anos, também até a mesma data.

Os cursos ou estágios de adaptação/instrução são realizados no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), em Belo Horizonte-MG. A duração aproximada é de quatro meses.

Vestibular ITA 2019

Situado em São José dos Campos-SP, o Instituto de Tecnologia da Aeronáutica (ITA), faz parte do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA). A instituição possui um dos vestibulares mais concorridos do país.

Em 2018 foram 110 vagas distribuídas entre Engenharia Aeroespacial, Engenharia Aeronáutica, Engenharia Civil-Aeronáutica, Engenharia da Computação, Engenharia Eletrônica e Engenharia Mecânica Aeronáutica.

Dentro do quantitativo total, 25 oportunidades foram voltadas para quem deseja ingressar na carreira militar. As demais foram para civis. A modalidade de concorrência é escolhida no ato de inscrição.

Podem concorrer candidatos de ambos os sexos. Contudo, é necessário comprovar conclusão do ensino médio e ter idade inferior a 25 anos. O certame é realizado em três etapas. São elas: primeiro e segundo exame de escolaridade (prova objetiva e discursiva) e inspeção de saúde.

Geralmente o edital do vestibular ITA é divulgado no início do segundo semestre.

Inscrições concurso Aeronáutica

Atualmente a Aeronáutica não tem inscrições abertas para nenhum concurso. Porém, ao longo do primeiro semestre de 2019 várias seleções serão anunciadas. Assim sendo, os futuros candidatos devem ficar atentos para não perder o prazo estipulado.

Tradicionalmente as solicitações de participação são feitas pela internet, por meio dos sites da própria Força Aérea. Cada edital prevê um valor a ser pago como taxa de inscrição.

 

Fonte: editalconcursosbrasil.com.br

Tags: , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑