Categorias setembro-2nd-Corpo-de-Bombeiro-Militar-do-Espírito-Santo

Publicado em 02/09/2013 | por Mestre

Corpo de Bombeiro Militar do Espírito Santo, confirmadas 500 vagas.

O Governador do Estado do Espírito Santo, Renato Casagrande, assinou na última quarta-feira, 28 de agosto, uma lei para a ampliação do efetivo do Corpo de Bombeiro Militar do Espírito Santo (CBMES). A intenção é de que o efetivo atual, de 1.300 servidores, passe a ser de 1.800, até 2017. Dessas 500 novas vagas, a grande maioria (cerca de 450) é para soldado, de nível médio. As demais são para oficiais, também para nível médio. No caso dos soldados, há um curso de formação com duração de nove meses, no qual o aluno já conta com vencimento mensal de R$1.112,14; após a incorporação, no entanto, a remuneração passa a ser de R$2.631,96 (benefícios já inclusos).

Já o ingresso na carreira de oficial, também, ocorre a partir de um curso de formação; esse curso, no entanto, é mais longo, com duração de três anos. Durante o período de formação, o ganho mensal é de R$2.355,12; o valor sobe para R$4.579,40 (além dos benefícios) depois da conclusão do curso e respectiva incorporação. Para ambos a carga de trabalho semanal é de 40 horas e o regime de contratação é o estatutário, que garante estabilidade empregatícia. Aqueles que desejam ingressar na corporação devem aguardar e ficar bastante atentos, pois o concurso deve sair em breve. Segundo o comandante geral do CBM-ES, coronel Edmilton Ribeiro, a previsão é de que os candidatos sejam selecionados ainda este ano, para que as primeiras convocações aconteçam no início de 2014. O preenchimento das vagas é gradativo, sendo chamados 125 servidores por ano, durante quatro anos.

No último concurso, realizado em 2010, foram providas 200 vagas para o cargo de soldado. A seleção dos candidatos constou de prova objetiva, avaliação de títulos, teste de aptidão física, inspeção de saúde, exame toxocológico, avaliação psicológica, pesquisa socio-funcional, apresentação e matrícula provisória e, por fim, curso de formação. No Curso de Formação de Soldado Combatente (QBMP-0), com duração média de seis meses, o aluno já contava com vencimento mensal de R$969,97.

Após incorporação, o salário subia para R$2.295,30. As exigências para se inscrever eram, entre outras, ter nível médio completo, idade entre 18 e 28 anos e não possuir antecedentes criminais ou morais. O cargo de soldado é o primeiro da carreira das praças, na qual os integrantes podem galgar ainda os cargos de cabo, 3º sargento, 2º sargento, 1º sargento, subtenente, 2º tenente, 1º tenente e capitão, dependendo das condições de promoção e da disponibilidade de vagas.

Prepare-se com o mestre dos concursos e aumente as suas chances de aprovação clicando aqui.

Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑