Administrativa no image

Publicado em 12/04/2011 | por Mestre dos Concursos

Defensoria Pública da União

A Defensoria Pública da União (DPU) aguarda com expectativa a tramitação no Ministério do Planejamento dos projetos que ampliam o quadro de pessoal. Um deles prevê a abertura de 657 novas vagas de defensor. O outro cria o quadro administrativo, com oferta de 1.500 vagas, sendo mil para analista de assistência jurídica (nível superior) e 500 de técnico em assistência jurídica (médio).

Segundo o defensor público geral, José Rômulo Sales, com a publicação do Decreto 6.944, que regulamenta as seleções federais, a DPU não necessita de autorização do Planejamento para a realização de novos concursos. No entanto, hoje não existem vagas a serem preenchidas, daí a necessidade de criação. Além disso, é preciso que haja disponibilidade orçamentária para contratação de novos servidores.

Deputado cobra informações – A Assessoria de Imprensa da Defensoria informou que o deputado federal Rubens Bueno (PPS-PR) apresentou, no dia 23 de março, em plenário, um requerimento em que pede informações à ministra do Planejamento, Miriam Belchior, sobre o envio dessa proposta ao Congresso Nacional.

No documento, o parlamentar ressalta que a falta de servidores na DPU é um problema que afeta, antes de tudo, a população de baixa renda. “O que se verifica é que o processo de interiorização da Justiça Federal não se fez acompanhar da lógica e necessária interiorização da Defensoria, causando evidente prejuízo aos jurisdicionados mais necessitados”, argumentou.

FONTE: Folha Dirigida

Tags: , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑