Administrativa no image

Publicado em 28/05/2013 | por Mestre

Detran RJ

Redação é novidade quase não deve assustar….
A inclusão de redação no concurso para o Detran-RJ não deve assustar os candidatos, mas é preciso ter cuidado, como em qualquer outra parte do programa, recomenda Márcio Coelho, professor de Língua Portuguesa e de redação. Ele dá dicas a quem se prepara, e alerta que a parte gramatical deve ser estudada com mais atenção. O especialista aponta os principais conteúdos gramaticais que devem ter destaque no estudo. “A parte da redação é tranquila, porém, a gramatical é mais perigosa. Os candidatos devem prestar atenção a Concordância Nominal e Verbal, Regência, Crase, Pronomes, Verbos e Pontuação”, assinala.
Márcio Coelho esclarece que a redação é apenas uma forma de a banca saber o que candidato pensa sobre determinado assunto. “Geralmente é cobrada uma dissertação, na qual a banca quer saber a opinião do candidato, e se ele sabe se expressar. Digo para os meus alunos que é um ‘bate-papo’ formal, no qual se usa uma linguagem culta.” O professor dá dicas fundamentais para elaboração de um bom texto. “Ele deve criar uma ordem lógica do pensamento, ser simples, objetivo e comunicativo. O candidato deve ficar atento para não fugir do tema e não se contradizer, não ser muito específico, nem genérico”, orienta.
Outro ponto importante, não só em Língua Portuguesa, mas nas outras disciplinas, é a interpretação de texto. De acordo com o especialista, quem tem dificuldades com isso deve treinar bastante. “Na interpretação, o segredo é prestar atenção aos detalhes do texto, ao comando da questão e às opções. A pegadinha está sempre no final do enunciado ou nas alternativas. Para ter facilidade nessa parte, a realização de exercícios é fundamental”, aconselha.
Com relação à forma de estudo, o especialista acredita que o curso preparatório é de grande valia. Já na preparação para realizar uma boa redação, o segredo, segundo ele, é praticar. “Fazer um curso preparatório é importante nesse estudo, porque dá experiência ao candidato. Em casa, aconselho o concurseiro a estudar três horas por dia de Língua Portuguesa, partindo do exercício para a teoria. Já na parte da redação, o candidato deve fazer seus textos e entregá-los aos professores, para que sejam corrigidos.”

Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑