Categorias no image

Publicado em 04/06/2013 | por Mestre

Dica – Nível de formação e área de atuação

Uma boa estratégia de estudo pode fazer toda diferença na hora da prova…..

O primeiro passo para quem deseja iniciar a preparação para concursos públicos é escolher uma área e iniciar o estudo das matérias básicas.  Em seguida, o candidato deve organizar a sua rotina e definir os horários de estudo. Quem faz isso desde o início tem um rendimento muito maior, porque consegue estabelecer metas de médio prazo e avançar de forma equilibrada com todas as matérias. Além disso, fica mais fácil manter a concentração quando cada coisa tem a sua hora estabelecida, e até as pessoas com quem o candidato se relaciona aprendem aos poucos a  respeitar o tempo do estudo.

Outro aspecto importante para o sucesso da empreitada é ter uma boa estratégia de estudo, já que são muitas disciplinas, os conteúdos são extensos e, muitas vezes, inéditos. É preciso conhecer a teoria e revisá-la constantemente para não cair no esquecimento. Uma técnica de estudo que costuma funcionar bem é estudar a teoria de cada ponto e, em seguida, fazer alguns exercícios sobre aquele tópico, com consulta. Isso facilita a compreensão e já inicia o processo de fixação, de forma natural.

Quando o estudo chegar ao fim de uma matéria, é a hora de voltar ao início e preparar o material para revisão: as fichas-resumo. Essa tarefa consome algum tempo, e costuma ser negligenciada pelos candidatos, mas as fichas-resumo são um excelente recurso para revisões rápidas após a publicação do edital.

Elaboradas as fichas, o candidato deve testar seus conhecimentos resolvendo muitas provas de concursos anteriores daquela disciplina. Essa providência vai expor os pontos fracos do candidato e familiarizá-lo com o estilo de cobrança que será encontrado nas provas. Também permite perceber se é preciso aprofundar o nível do conhecimento ou ampliá-lo, incluindo novos assuntos.

A partir daí é somente uma questão de ir lapidando aos poucos, corrigindo as falhas do projeto, até o candidato conquistar a aprovação. Vale lembrar que manter o equilíbrio é fundamental, por ser um projeto que pode levar meses ou alguns anos até ser bem sucedido.
Fonte:  Lia Salgado, colunista do G1, é fiscal de rendas do município do Rio de Janeiro, consultora em concursos públicos

Tags: , , , , , ,


Sobre o autor



One Response to Dica – Nível de formação e área de atuação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑