Administrativa no image

Publicado em 14/11/2012 | por Mestre

DNIT

Inscrições abertas, 1200 vagas para todo o país

Já estão abertas as inscrições do concurso para o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), com oferta de 1.200 vagas em todo o país, em cargos dos níveis médio, médio/técnico e superior, e remunerações de R$2.811,30 a R$8.119,81. O destaque é técnico de suporte em infraestrutura de transportes: são 767 vagas, sendo 604 para candidatos com ensino médio, 89 com médio/técnico em Topografia e 72 com curso técnico em Laboratório. A remuneração para o cargo é de R$3.849.

Para técnico administrativo, o Dnit tem 114 oportunidades. O cargo exige o nível médio e proporciona rendimentos de R$2.811,30. Já para analista administrativo, o concurso preencherá 110 vagas, sendo 35 por graduados em Ciências Contábeis, dez na área de Informática e 65 por concluintes de qualquer curso. Os ganhos são de R$5.712,21. O cargo de analista em infraestrutura de transportes foi contemplado com 179 vagas. São 32 para graduados em qualquer área e 147 em Engenharia Civil. A remuneração é de R$8.119,81.Em todos os casos, os R$304 do auxílio-alimentação estão incluídos na remuneração. Os contratos serão pelo regime estatutário (estabilidade empregatícia). A carga de trabalho semanal é de 40 horas.

As inscrições serão recebidas até o dia 30 deste mês, no site da Escola de Administração Fazendária (Esaf), organizadora. Quem preferir poderá se dirigir ao posto de atendimento, onde há computadores com internet. A taxa é de R$100 (analista de infraestrutura), R$80 (analista de administrativo), R$60 (técnico de suporte) ou R$50 (técnico administrativo). O concurso terá validade de um ano, prazo que pode ser prorrogado pelo mesmo período.

Provas em janeiro, em todas as capitais

A seleção será feita por meio de provas objetivas e discursivas, marcadas para 20 de janeiro de 2013, em Brasília e nas capitais dos estados. A Esaf disponibilizará informações relativas ao local e horário de realização do exame a partir do dia 17 do mesmo mês.

No dia 20 os candidatos farão duas provas objetivas. As matérias comuns a todos os cargos são Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico-Quantitativo, Direito Constitucional e Direito Administrativo. Além delas, os concorrentes às vagas de técnico de suporte e técnico administrativo responderão a questões de Conhecimentos básicos de Administração Orçamentária e Financeira, e os candidatos às funções de analista de infraestrutura e analista administrativo, a perguntas sobre Direito Financeiro e Conhecimentos de Economia Brasileira Contemporânea.

Será aprovado o candidato que obtiver, pelo menos, 40% dos pontos ponderados da prova objetiva 1, 40% dos pontos ponderados da avaliação objetiva 2 e 60% do somatório dos pontos ponderados do conjunto dos exames.

Quem atingir a pontuação exigida para aprovação será convocado para a prova discursiva. Para os cargos de nível superior, o texto será sobre Conhecimentos Específicos. Já para as funções de ensino médio e médio/técnico, sobre Direito Constitucional, Direito Administrativo ou Conhecimentos básicos de Administração Orçamentária e Financeira. A aprovação estará condicionada à obtenção de, pelo menos, 50% dos pontos.

Fonte:Folha Dirigida

Tags:


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑