Categorias no image

Publicado em 13/03/2013 | por Mestre

Dicas – Níveis dos Concursos

Veja o que é cobrado em concursos de níveis fundamental e médio….

Conhecer as áreas de concurso público pode ajudar o candidato a escolher quais concursos são do seu interesse. Além disso, isso permite que o estudo seja iniciado de imediato, antes mesmo da publicação do edital, a partir das matérias básicas cobradas nos concursos da área escolhida. Para ajudar nessa tarefa, preparamos uma relação com as principais áreas existentes, as disciplinas que costumam constar do conteúdo programático e quais são os concursos relacionados.

Nível fundamental
Quem tem apenas o nível fundamental de escolaridade – em alguns casos, mesmo incompleto – também pode participar de um concurso público. Há concursos estaduais e federais que exigem esse nível de escolaridade, mas são as prefeituras e câmaras municipais que mais necessitam de servidores com esse perfil, em cargos como agente educador, merendeira (agente de preparo de alimentos), gari, motorista, telefonista, porteiro, vigia, pedreiro, auxiliar de serviços gerais, entre outros. Em algumas cidades, o cargo de guarda municipal é de nível fundamental.

Os salários variam de acordo com o órgão contratante e o cargo. Por exemplo, no caso do auxiliar de papiloscopista da Polícia Civil de São Paulo, que está com inscrições abertas para preenchimento de 113 vagas, o salário é de R$ 2.278.

As disciplinas mais cobradas em concursos de nível fundamental são português e matemática. Além dessas, em alguns casos há também algum conhecimento relacionado à atividade que será exercida. Assim, alguns concursos cobram informática, outros podem exigir conhecimentos sobre atualidades ou, até, assuntos bem específicos, como o estatuto da criança e do adolescente para agente educador ou noções de alimentação saudável para merendeira.

Alguns concursos preveem teste de capacidade física ou prova prática. É o caso do concurso para gari e motorista, por exemplo.

Nível médio administrativo
Essa é uma característica de grandes concursos federais, como o dos Correios (previsão de edital a qualquer momento), do INSS e do assistente técnico administrativo do Ministério da Fazenda (aguardando autorização), mas há também oportunidades semelhantes em estados e municípios.

O fato de serem oferecidas muitas vagas e com número de disciplinas não muito grande atrai elevado número de candidatos. Mais um motivo para fazer uma preparação de qualidade e destacar-se da concorrência. Normalmente, nesse tipo de concurso não há questões discursivas.

As disciplinas básicas são português, matemática e informática, como é o caso do concurso para os Correios. Em concursos mais complexos, devem também ser incluídas as matérias direito constitucional e direito administrativo. Alguma disciplina específica pode constar do edital, de acordo com o concurso pretendido, mas não serão muitas.

O ideal é adiantar o máximo possível o estudo das disciplinas básicas, para poder aproveitar os editais que surgirem apenas incluindo as específicas.

Fonte: Lia Salgado, colunista do G1, fiscal de rendas do município do Rio de Janeiroe consultora em concursos públicos

Tags: , , , , , , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑