Auditoria inss-2510432-2

Publicado em 30/03/2016 | por Mestre

INSS: Português requer muita atenção

Falta pouco mais de um mês para a prova objetiva do concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), e os milhares de candidatos a técnico, de nível médio, preocupados com Língua Portuguesa, precisam focar na realização de muitos exercícios. A orientação é da professora Rachel Ribeiro, que também fez apostas para a avaliação, marcada para 15 de maio. Português integrará Conhecimentos Básicos, com 50 questões. “Quem já estuda há bastante tempo, deve fazer muitos exercícios, voltando à teoria somente se houver dúvida. Se prenda mais nos assuntos em que tem mais dificuldade. Você precisa organizar o seu tempo. Faça uma bateria de questões anteriores, pois assim perceberá quais são assuntos mais frequentes na prova do Cespe/UnB”, orientou.

Segundo a especialista, a objetiva de Português não deverá ser muito difícil, mas exigirá bastante atenção do candidato, pois a banca gosta de ‘pegadinhas’. “Não acredito numa prova com nível de dificuldade muito alto. O grande problema do Cespe/UnB são as questões certas e erradas. Isso eleva o nível da prova. A banca costuma cobrar mudança de sentido e correção gramatical em uma mesma questão. É preciso ter muito cuidado nisso. A dica é ficar atento primeiro à correção e depois ao sentido”, alertou. Segundo a professora, crase, pontuação e concordância são temas certos, além de reescritura de frases, vozes verbais, próclise, mesóclise e ênclise.

“Redação Oficial também é um tópico que exige bastante atenção. O Cespe/UnB, quando coloca no edital, certamente cobrará. Nela, não é exigida a produção de um texto. O candidato deve ler o Manual de Redação da Presidência da República. Não é nenhum bicho de sete cabeças, mas são instruções de como redigir um documento público, por exemplo, como fazer um memorando.”

Rachel Ribeiro deixou uma mensagem aos candidatos, que sonham com uma vaga. “Se você quer passar num concurso o importante é ter foco e determinar qual é a prioridade. Isso é essencial. Hoje a prioridade tem que ser estudar. Organize-se, falta pouco tempo. Dessa forma, não tenha dúvidas, você conseguirá a aprovação”, finalizou.

Cartão – Embora a presidente do INSS, Elisete Berchiol tenha afirmado às entidades sindicais que mais de 1 milhão de candidatos preencheram a ficha de inscrição do concurso, o número exato de participantes, com isentos e pagantes, só sairá no dia do cartão. A data para isso ocorrer será divulgada no edital de convocação às provas, em 28 de abril. O cartão, que poderá ser consultado no site do Cebraspe (antigo Cespe/UnB), informará o local e horário da avaliação objetiva. O exame será composto por 120 questões, e será aplicado em todas as capitais federais, além de cidades do interior.

Das 950 vagas do INSS, 800 são de técnico do seguro social (nível médio completo e remuneração de R$5.344,87) e 150 de analista (graduados em Serviço Social, com ganhos de R$7.954,09). A autarquia contrata pelo regime estatutário, que garante a estabilidade.

BANNERBLOG


Sobre o autor



Comments are closed.

Back to Top ↑