Administrativa no image

Publicado em 02/05/2013 | por Mestre

MPU

Concorrência e cartões serão divulgados no dia 09…

A relação de candidatos/vaga por estado, mais os horários das avaliações do concurso para técnico administrativo (nível médio) e analista processual (superior em Direito) do Ministério Público da União (MPU) serão divulgados pelo site do Cespe/UnB, organizador, provavelmente no dia 9 de maio, junto com os cartões de confirmação de inscrição, onde constarão os locais de realização das provas. Ao todo, foram 798 mil cadastros, sendo 449 mil para analista e 349 mil para técnico, até o último dia 19 de abril, data limite para o pagamento da taxa. No entanto, o MPU e o Cespe não informaram quantos pagamentos foram efetuados.

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetiva e discursiva (esta, apenas para nível superior), marcadas para 19 de maio, em todas as capitais. No período da manhã, os concorrentes a analista serão submetidos a 50 questões de Conhecimentos Básicos, referentes a Língua Portuguesa, Noções de Informática e Legislação Aplicada ao MPU e ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP); 70 perguntas de Conhecimentos Específicos, referentes aos Direitos Constitucional, Administrativo, do Trabalho, Civil, Processual Civil, Penal, Processual Penal, Penal Militar e Processual Penal Militar; além da redação. Os candidatos terão quatro horas e meia para realizar as provas.

Em seguida, à tarde, será a vez dos candidatos a técnico administrativo responderem às 50 questões de Conhecimentos Básicos (Legislação Aplicada ao MPU e ao CNMP, Língua Portuguesa, Noções de Informática, Ética no Serviço Público e Raciocínio Lógico) e 70 de Conhecimentos Específicos (Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Noções de Administração e Administração de Recursos Materiais). A avaliação terá duração de três horas e meia. A seleção oferta 147 vagas imediatas, sendo 109 de técnico administrativo e 38 de analista processual, sendo duas oportunidades de cada carreira no Rio de Janeiro. Há a formação de cadastro de reserva, com grande possibilidade de utilização durante o prazo de validade, que é de dois anos, prorrogável por igual período. Os servidores do MPU são contratados no regime estatutário, ou seja, com garantia de estabilidade.

Suspensão – Representantes de associações de classe sinalizam com a possibilidade de uma ação judicial solicitando a suspensão do concurso, caso não sejam recebidos pela Procuradoria Geral da República (PGR) até a próxima semana. Em ofício protocolado na PGR no dia 25 de abril, o Sindicato Nacional dos Servidores do MPU (Sinasempu) questiona a Portaria nº 122/2013, que fixa as atribuições e requisitos de investidura nas carreiras previstas na atual seleção. De acordo com o diretor nacional do Sinasempu, Roberto Negri, as associações pleiteam uma audiência com a PGR para discutir o assunto, aguardando posicionamento do órgão até a próxima segunda, dia 6.

Serviço:

Cartões de provas: www.cespe.unb.br/concursos/MPU_13/

Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑