Categorias no image

Publicado em 24/06/2013 | por Mestre

MPU

Novo Concurso: Oferta será informada após o dia 27….

Quem pretende participar do novo concurso para técnico (níveis médio e médio/técnico) e analista (superior) do Ministério Público da União (MPU) já deve iniciar a preparação, pois a expectativa é de que o edital seja divulgado muito em breve, possivelmente em julho. A Assessoria de Comunicação do órgão já informou que os preparativos estão bastante adiantados, mas, até o momento, não precisou ainda a oferta de vagas da seleção. É possível que sejam contempladas cerca de 40 especialidades nas duas carreiras.

É provável que o quantitativo de vagas seja anunciado após o dia 27 deste mês, quando encerra o processo de remoção interna de servidores. Além de definir a oferta e informar os estados que vão ser contemplados, a expectativa é de que nos próximos dias o MPU possa oficializar a organizadora do concurso, que deverá ser o Cespe/UnB, que aplicou as provas, este ano, da seleção para técnico da área administrativa e analista processual, cujos resultados foram divulgados nos dias 18 e 19, respectivamente.

Os novos servidores serão lotados nos quatro ramos do MPU: Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público Militar (MPM) e Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). As remunerações iniciais são de $5.285,16 para técnico e R$8.216,55 para analista, já incluindo R$373 de auxílio-alimentação. Dependendo da especialidade, a função de técnico poderá exigir o nível médio ou médio/técnica. Já para analista, também de acordo com a área, a concorrência poderá ser aberta a graduados em qualquer área ou em cursos específicos.

O MPU ainda não informou quando pretende aplicar as provas e como será o processo de seleção. No concurso realizado este ano , para técnico administrativo e analista processual, os candidatos foram avaliados por meio de provas objetiva (todos) e discursiva (só analista). A primeira contou da análise de 120 itens pelos comandos “certo” ou “errado”. No entanto, na seleção anterior, realizada em 2010, que abrangeu diversas especialidades, os candidatos a técnico também tiveram que fazer uma avaliação discursiva, exceto aqueles que concorreram às áreas de apoio especializado / segurança e apoio especializado / transporte. Esses passaram por etapas de aptidão física e prática de direção veicular.

Fonte: Folha Dirigida

Tags: , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑