Categorias no image

Publicado em 30/01/2013 | por Mestre

MPU

Acelerados preparativos do concurso. 2º e 3º graus….
O Ministério Público da União (MPU) está intensificando os preparativos do seu concurso para técnico e analista, cargos que exigem o nível médio (ou médio/técnico) e superior, respectivamente. No momento, o órgão estão realizando uma remoção interna de servidores, passo que é fundamental para definir os estados que serão contemplados com vagas, assim como as especialidades. Este processo de remoção, aberto neste mês de janeiro com uma alternativa de mudança na área de lotação dos atuais servidores, prevê 169 vagas. Esse quantitativo pode ser mais um indicativo da oferta mínima que poderá ser especificada no edital do concurso, previsto para sair até junho.
O certame é tido como um dos mais aguardados pelos concurseiros de todo o país. Segundo o procurador-geral do Ministério Público do Trabalho (MPT), instituição vinculada ao MPU, Luís Antônio Camargo, todas as minúcias do edital devem ser definidas e divulgadas a médio prazo. “O corpo técnico do MPU está trabalhando para decidir as especialidades a serem contempladas, critérios de seleção, número de vagas e organizadora. Lamentavelmente, algumas questões impediram que o concurso fosse aberto ainda 2012, como gostaríamos, mas teremos novidades em breve”, informou.
A última seleção aberta pelo MPU foi realizada em 2010, com organização do Cespe/UnB, e teve mais de 700 mil inscritos na disputa por 594 vagas. Tal concorrência pode ser explicada não apenas em virtude do status que as carreiras possuem, haja vista que a instituição é uma das mais respeitadas pela sociedade brasileira, mas também pela remuneração inicial que o órgão oferece, reajustada no final do ano passado. Atualmente, os valores são de R$5.345,03 para técnico e R$8.276,42 para analista, incluído auxílio-alimentação de R$710, além de outros benefícios.
No concurso de 2010 houve oportunidades para mais de 40 especialidades. Entre os setores agraciados, estiveram os de Orçamento, Segurança, Administrativo e Transporte, de nível médio, além de Administração, Ciências Contábeis, Engenharia, Informática, entre outras, de nível superior. A seleção se dividiu em prova objetiva e redação, sendo que, esta última, salvo para algumas funções. A avaliação objetiva teve 150 questões para serem respondidas pelos comandos “certo” e “errado”, correspondendo a 60 de Conhecimentos Básicos (Legislação Aplicada ao MPU, Língua Portuguesa, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional e Noções de Informática) e 90 de Conhecimentos Específicos. O órgão nomeou os últimos aprovados deste concurso no final de 2012. No total, mais de 3 mil pessoas foram admitidas, segundo informou o MPU.
Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑