Administrativa no image

Publicado em 28/05/2013 | por Mestre

PF – Agente Administrativo

Em breve, 566 vagas para área administrativa…

Foi autorizada nesta quarta-feira, dia 22, a realização de concurso para o preenchimento de 566 vagas no quadro de apoio da Polícia Federal (PF). Serão 534 vagas apenas para o cargo de agente administrativo, que tem como requisito o ensino médio completo e proporciona remuneração inicial de R$3.689,77 (incluindo o auxílio-alimentação, de R$373), além de estabilidade, uma vez que as contratações são pelo regime estatutário. As outras 32 vagas serão para cargos de nível superior, com ganhos iniciais de R$4.412,32 (também com o auxílio-alimentação). Serão 11 vagas para engenheiro, sete para assistente social, cinco para contador, quatro para administrador, três para psicólogo e duas para arquivista.

Conforme a Portaria 184/13 do Ministério do Planejamento, publicada no Diário Oficial da União (DOU) da última quarta, autorizando a realização do concurso, o prazo para a publicação do edital é de até seis meses, a contar da publicação da portaria autorizativa, indo, portanto, até 22 de novembro. Entretanto, de acordo com as informações passadas Coordenação de Recrutamento e Seleção (Corec) do departamento na última quarta, 22, a intenção da PF é divulgar o documento regulador da seleção o mais rápido possível. Foi informado ainda que, embora já houvesse discussões preliminares, o departamento começa agora a preparação do concurso, iniciando, entre outros, o trabalho voltado à escolha da organizadora.

Seleção - Ainda de acordo com a Corec, apesar de ter sido realizado no ano passado um concurso para a área de apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a maior referência para os que desejam participar da nova seleção segue sendo o último concurso promovido pela própria PF para o setor, em 2004. Naquela oportunidade, a seleção foi feitas exclusivamente por meio de provas objetivas. Para agente administrativo, as questões versaram sobre Língua Portuguesa, Noções de Informática, Atualidades e Conhecimentos Específicos. Os candidatos tiveram que responder a 120 itens ao todo, classificando-os como certo ou errado. Foi atribuído um ponto positivo para cada resposta correta e um ponto negativo para cada resposta em desacordo com o gabarito oficial. Não foram atribuídos pontos aos itens com resposta dupla (Certo e Errado) ou sem resposta. Foram aprovados aqueles que obtiveram os mínimos de dez pontos na prova de Conhecimentos Básicos, 21 pontos na de Conhecimentos Específicos e 36 no conjunto das provas.

Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑