Categorias no image

Publicado em 18/06/2012 | por Mestre

PM / RJ

Novas vagas na área de saúde

A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) vai encaminhar até o próximo dia 30, para análise da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag-RJ), um pedido de abertura de concursos para o preenchimento de 6.965 vagas nos cargos de soldado (6 mil), cabo auxiliar de enfermagem (690), sargento músico (135), oficial combatente (60) e oficial médico (80). O objetivo é abrir as seleções a partir de janeiro de 2013.
A PM-RJ prevê 770 vagas só para a área de Saúde, sendo 690 vagas para cabo auxiliar de saúde e 80 para oficial médico. O salário de cabo auxiliar de enfermagem é de R$1.922,76, com exigência de nível médio/técnico. A PM-RJ oferece alguns benefícios, como auxílio-transporte e auxílio-moradia. Segundo a Assessoria de Imprensa, o valor do auxílio-moradia varia de acordo com o número de dependentes do policial. O mesmo serve para as gratificações, que dependem da função do policial e do batalhão onde ele é lotado.
A última seleção para cabo auxiliar de saúde foi em 1998, com oferta de 169 vagas. Puderam participar aqueles que tinham idade entre 21 e 28 anos, 1,60m (mulheres) e 1,68m (homens) e peso proporcional à altura. De acordo com Roberto Vianna, no entanto, as exigências de idade e altura foram modificadas em relação ao último concurso. “Agora, poderão participar aqueles que tenham entre 18 e 30 anos e 1,60m (mulheres) e 1,65m (homens)”, explicou. Para oficial médico, cujas especialidades ainda serão divulgadas pela corporação, o salário é de R$3.511,36.
Estão programadas mais 6.195 vagas para 2013

Além das vagas na área de Saúde, a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) também quer preencher outras 6.195 vagas, distribuídas pelos cargos de soldado (6 mil), sargento músico (135) e oficial combatente (60).

Para soldado, cuja escolaridade exigida é o nível médio, o salário é de R$1.669,33. Também são pagas gratificações a quem faz curso de qualificação (R$350) ou trabalha em Unidade de Polícia Pacificadora (R$500 para os praças, podendo chegar a R$1 mil para os comandantes).
Roberto Vianna salientou que os candidatos devem estudar com base no programa do último concurso, realizado em 2010, que não deve sofrer alterações. “A idade também vai ser mantida entre 18 e 30 anos para soldados, ou seja, os requisitos vão ser mantidos, assim como os exames teóricos, antropométrico, médicos (os mesmos padrões), psicológico e social. O que poderá sofrer alterações será o exame físico, mas não há nada de concreto. A bibliografia deve ser atualizada”, adiantou o tenente-coronel.
O cargo de sargento músico, que tem ganhos de R$2.247,68, será aberto a candidatos com nível médio, e as especialidades devem ser as mesmas do concurso programado para acontecer no ano passado: bateria, bombardino, clarineta, clarineta/clarone, clarineta/requinta, contrabaixo de cordas acústico, fagote, flauta, oboé/corne, piano/teclado, saxofone (alto e tenor), teclados, tímpanos, trombone, trompa, trompete e tuba. Já para oficial combatente, cargo aberto a quem possui o nível médio, o salário é de R$3.511,36.
Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑