Categorias no image

Publicado em 17/01/2013 | por Mestre

PM / RJ

Corporação já inicia preparativos do concurso….

O Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) aguarda um posicionamento oficial do comandante-geral da PM-RJ, coronel Erir Ribeiro Costa Filho, sobre a oferta de vagas dos concursos deste ano, para dar prosseguimento aos preparativos. Inicialmente, estão previstas 6.965 vagas, sendo 6 mil para soldado (nível médio), 690 para cabo auxiliar de saúde (nível médio/técnico completo), 135 para sargento músico (ensino médio), 80 para oficial de saúde (ensino superior na área de formação) e 60 para oficial combatente (nível médio).
A PM-RJ pretende enviar, ainda este mês, novo ofício à Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), para que sejam autorizados os concursos, já com os quantitativos definidos. Paralelamente à definição do quantitativo de vagas, a corporação já está concentrando esforços no sentido de definir a organizadora da seleção para soldado, cujo edital deverá sair no primeiro trimestre de 2013. De acordo com uma fonte ligada à seleção, já foi encaminhada a solicitação de orçamento para o Cespe/UnB, Femperj, FGV, Funcab, Funcefet e IBFC.
Dessa forma, a escolha da organizadora seria feita por dispensa de licitação, com a empresa que oferecer o menor preço e que atenda com qualidade às necessidades da PM-RJ. “A instituição escolhida será responsável, além do exame intelectual, pelo médico e psicológico”, afirmou o chefe do CRSP da PM-RJ, tenente-coronel Roberto Vianna. Para soldado, além do nível médio, é exigida carteira de habilitação, no mínimo, na categoria “B”. O salário atual, de R$1.919,74, passará, em fevereiro de 2013, para R$2.382,89. Além disso, são pagas gratificações a quem faz curso de qualificação (R$350) ou trabalha em Unidade de Polícia Pacificadora (R$500 para os praças).
Além da escolaridade exigida para todas as funções, os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos, exceto os médicos, cujo limite é 35 anos. A altura mínima exigida para as funções é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens.A corporação planeja reforçar o efetivo, considerando principalmente a programação de instalação de Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), assim como os megaeventos internacionais, programados até 2016.

Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑