Categorias no image

Publicado em 28/06/2012 | por Mestre

PM / RJ

Saiba Mais
O governador Sérgio Cabral informou na última quarta, dia 27 de junho, que já autorizou a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro a realizar concursos para 6.965 vagas de soldados e oficiais. O anúncio foi feito durante a inauguração de duas novas Unidades de Polícia Pacificadora (UPP), instaladas no Complexo da Penha (Morro da Chatuba e Morro da Fé/Sereno). A PM-RJ pretende contratar 6 mil soldados, 690 cabos auxiliares de enfermagem, 135 sargentos músicos, 60 oficiais combatentes e 80 oficiais médicos. Existe a possibilidade de que as oportunidades para esta última função sejam redistribuídas por outras, como fisioterapeutas, assistentes sociais, entre outras.
De acordo com o chefe-geral do Estado Maior Administrativo da PM-RJ, coronel Robson  Rodrigues da Silva, o pedido de concursos para as 6.885 vagas já foi entregue à Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), para ter o impacto orçamentário avaliado e aprovado. Após o governador declarar publicamente que já autorizou o concurso e que há necessidade de aumento no efetivo, cresce a expectativa para que a Seplag dê o sinal verde para o preenchimento das vagas o mais breve possível, de forma que o primeiro edital, para soldado, seja divulgado logo no inicio de janeiro de 2013, conforme pretende a corporação.
Segundo o governador, os novos soldados serão contratados para apoiar o processo de pacificação das próximas comunidades a serem retomadas pelo Estado. Na cerimônia, que contou com a presença de autoridades políticas e militares, o governador agradeceu o empenho dos policiais e do Exército, envolvidos no processo de distensionamento das relações entre poder público e comunidade, após a entrada das Forças de Pacificação, ocorrida em dezembro de 2010. “Antigamente, com a presença dos criminosos, as mães da Chatuba não dormiam sossegadas. Agora a vida será diferente, com convivência, aprendizado e paz. Sem a cultura do enfrentamento”, disse. Ainda de acordo com o governador, os próximos passos da política de pacificação, passam pela inauguração das UPP´s na Vila Cruzeiro e no Parque Proletário, também no bairro da Penha.
O salário de soldado, cuja escolaridade exigida é o nível médio, é de R$1.669,33, com gratificações. Para cabo auxiliar de enfermagem, cargo que requer nível médio/técnico, os rendimento são de R$1.922,76. Para sargentos músicos, com ganhos de R$2.247,68, exige-se formação de nível médio, com especialidades em bateria, bombardino, clarineta, clarineta/clarone, clarineta/requinta, contrabaixo de cordas acústico, fagote, flauta, oboé/corne, piano/teclado, saxofone (alto e tenor), teclados, tímpanos, trombone, trompa, trompete e tuba. Os oficiais combatentes, para pessoas de nível médio, e oficiais médicos, de nível superior, com especialização ainda a ser definida pela corporação, têm remuneração de R$3.511,36. Para concorrer, os interessados deverão ter entre 18 e 30 anos, exceto médicos, cujo limite máximo é 35 anos. A altura exigida é de 1,60m, para mulheres, e 1,65m, para homens.
Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑