Categorias no image

Publicado em 24/01/2013 | por Mestre

PM / RJ

Acelerados os preparativos para concurso….

O Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) enviará nos próximos dias o pedido do concurso para 6 mil vagas de soldado, para aprovação da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag). No momento, falta apenas definir quantas vagas serão para homens e mulheres. O edital deverá sair em março. A aprovação do concurso por parte da Seplag será mera formalidade, já que o governador Sérgio Cabral já confirmou por diversas vezes a abertura do concurso para 6 mil vagas de soldado. Em paralelo à formalização do pedido de concurso à Seplag, o CRSP concentra esforços no sentido de definir a organizadora da seleção para soldado, até o próximo dia 31. De acordo com o chefe do CRSP, tenente-coronel Roberto Vianna, já foi encaminhada a solicitação de orçamento para seis instituições organizadoras.
Dessa forma, a escolha da organizadora seria feita por dispensa de licitação, com a empresa que oferecer o menor preço e que atenda com qualidade às necessidades da PM-RJ. “A instituição escolhida será responsável, além do exame intelectual, pelo médico e psicológico”, afirmou Para soldado, além do nível médio, é exigida carteira de habilitação, no mínimo na categoria “B”. O salário atual, de R$1.919,74, passará, em fevereiro de 2013, para R$2.382,89. Além disso, são pagas gratificações a quem faz curso de qualificação (R$350) ou trabalha em Unidade de Polícia Pacificadora (R$500 para os praças). Além da escolaridade exigida para todas as funções, os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos, exceto os médicos, cujo limite é 35 anos. A altura mínima exigida para as funções é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens.
O último concurso para soldado foi aberto em 2010, para 3.600 vagas, mas até setembro deste ano a PM-RJ terá incorporado cerca de 13 mil aprovados na seleção. O tenente-coronel Roberto Vianna informou que os futuros candidatos devem tomar como base o programa do último concurso, porém os índices dos exames físicos serão realizados de acordo com a diretriz de educação física da PM. Na ocasião, os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas, sobre Direitos Humanos, Legislação de Trânsito, Informática, Noções de Sociologia, História do Brasil, Geografia do Rio de Janeiro e Língua Portuguesa. O programa da seleção de 2010 não deverá sofrer alterações e deve ser utilizado como referência de estudo para os candidatos. Os aprovados no exame objetivo foram submetidos a uma redação. Ainda houve exame antropométrico, exames médicos, testes físicos, investigação social e documental e o curso de formação, com duração de seis meses.
Mais vagasA PM-RJ também pretende realizar concursos para o preenchimento de 690 vagas para cabo auxiliar de saúde (nível médio/técnico completo), 135 para sargento músico (ensino médio), 80 para oficial de saúde (ensino superior na área de formação) e 60 para oficial combatente (nível médio). O comandante-geral da PM-RJ, coronel Erir Ribeiro Costa Filho, aprovou a oferta de vagas para oficial combatente, cujo edital deverá ser publicado no primeiro semestre deste ano. Porém, os quantitativos das outras seleções deverão passar por um novo estudo da corporação.
Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑