Categorias no image

Publicado em 14/02/2013 | por Mestre

PM / RJ

Oferta de 6 mil vagas  de 2º grau. Salário de R$2.382….
É grande a expectativa dos futuros candidatos pela abertura do concurso para soldado da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ). O comandante-geral da corporação, coronel Erir Ribeiro Costa Filho, já aprovou a oferta de 6 mil vagas, mas falta definir quantas serão para homens e mulheres. O edital deverá ser publicado em março.
De acordo com o chefe do Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da PM-RJ, tenente-coronel Roberto Vianna, o pedido será enviado para aprovação da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) assim que for definida a distribuição das vagas pelos gêneros. “A lei de orçamento anual para 2013 já contempla o concurso. Entretanto, há de se conseguir a autorização do governador Sérgio Cabral para lançar o edital”, observou. Porém, por diversas vezes, ano passado, o governador confirmou a abertura do concurso em 2013.
O CRSP pretende escolher nos próximos dias a organizadora do concurso para 6 mil vagas de soldado. Porém, o nome da instituição será anunciado após a aprovação da Diretoria de Logística da corporação, que é a responsável pela elaboração do contrato. “Está sendo finalizado o processo de cotação do concurso com diversas empresas. A escolhida será responsável, além do exame intelectual, pelo médico e psicológico”, afirmou o chefe do CRSP. Ainda segundo o tenente-coronel, a previsão da PM-RJ é que as provas teóricas ocorram em junho, e os exames físicos, em agosto. A taxa de inscrição não deverá ser superior a R$70″, assegurou o tenente-coronel Roberto Vianna.
No entanto, independente da escolha da organizadora, a PM-RJ já garantiu que os futuros candidatos devem tomar por base o programa do último concurso, aberto em 2010. “O conteúdo programático será o mesmo, porém, a bibliografia será atualizada. Será exigido do candidato que conheça a matéria que será cobrada no exame”, afirmou o chefe do CRSP. De acordo com o tenente-coronel Roberto Vianna, todos os homens aprovados no concurso anterior para soldado foram chamados (24.377). As mulheres foram convocadas até a classificação 3.945. “O Comando Geral está estudando o caso das mulheres, se ocorrerão mais convocações ou não “, afirmou.
Os selecionados no novo concurso passarão por um curso de formação, com duração de seis meses, no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cfap). “Esses policiais estarão se formando em 2014. A lotação dependerá dos estudos realizados pela Seseg, que considerarão diversos fatores”, explicou o tenente-coronel Roberto Vianna. O objetivo da corporação é reforçar o efetivo, considerando, principalmente, a programação de instalação de Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), assim como os megaeventos internacionais, programados para até 2016. Segundo o chefe do CRSP, uma boa segurança pública atrai grandes eventos e investimentos para o Estado do Rio de Janeiro.
Ele ressaltou a importância dos novos agentes da lei no processo de paz. “Eles estão entrando em uma nova corporação, em um novo contexto sócio-político-cultural-econômico. Desempenham um papel importante como facilitadores do exercício dos direitos”, enfatizou. As mulheres assumem um espaço cada vez maior nas tropas da PM. E o tenente-coronel Roberto Vianna acredita que elas são fundamentais na corporação. “Lembro que elas estão em todos os cargos na corporação há mais de 30 anos. Portanto, o que a PM é hoje conta com uma grande parcela de contribuição delas.”

Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑