Categorias no image

Publicado em 21/03/2013 | por Mestre

PM / RJ

Liberação do edital depende da solução de três pendências….
A publicação do edital do concurso para 6 mil vagas de soldado está condicionada à resolução de três pendências: entre elas estão a aprovação, por parte da Diretoria Logística, da organizadora escolhida pelo Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP); a distribuição das vagas pelos gêneros (quantitativo para homens e mulheres); e a aprovação orçamentária para a abertura da seleção, por parte da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag). O CRSP informou na última quarta-feira, dia 20, que o objetivo da corporação era divulgar o edital na próxima segunda-feira, dia 25. Porém, devido a estas questões que precisam ser resolvidas, e ao feriado da Semana Santa, é provável que o documento só seja liberado em meados de abril. Caberá ao governador Sérgio Cabral autorizar oficialmente o concurso.
Para soldado, além do nível médio, é exigida carteira de habilitação, no mínimo, na categoria “B”. O salário inicial é de R$2.382,89, mas a remuneração pode ultrapassa R$5 mil. Isso porque são pagas gratificações a quem faz curso de qualificação (R$350) ou trabalha em Unidade de Polícia Pacificadora (R$500 para os praças). A Assessoria de Imprensa da PM-RJ informou que os praças que se voluntariam para trabalhar na folga no sistema RAS (Regime Adicional de Serviço) recebem por oito horas/dia o valor de R$150 e por 12 horas/dia o valor de R$225. São permitidos até oito RAS por mês. A altura mínima é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens. O CRSP já garantiu que os futuros candidatos ao cargo de soldado devem tomar como base o programa do último concurso, aberto em 2010. Porém, a bibliografia será atualizada.
A PM-RJ também pretende abrir concursos para outras 965 vagas, sendo 690 para cabo auxiliar de saúde, 135 para sargento músico, 80 para oficial de saúde e 60 para oficial combatente. O CRSP já concentra esforços no sentido de definir a organizadora da seleção para oficial combatente. De acordo com o setor, já foi encaminhada a solicitação de orçamento a seis instituições organizadoras. A escolaridade exigida é o ensino médio. O 2º tenente da PM ganha R$4.296,25. Para cabo auxiliar de saúde o requisito é nível médio/técnico completo e o salário atual é de R$2.744,65. Para concorrer às vagas do 3º sargento músico será necessário ter o ensino médio, além de formação na área musical. O salário é de R$3.626,94. Já para os oficiais do quadro de Saúde, a exigência será curso superior específico. O salário do 1º tenente médico é de R$6.057,60.
Além da escolaridade exigida, para todas as funções os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos, exceto os médicos, cujo limite é 35 anos. A altura mínima exigida é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens. O objetivo da corporação é reforçar o efetivo, considerando, principalmente, a programação de instalação de Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), assim como os megaventos internacionais, programados para até 2016.

Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑