Categorias no image

Publicado em 27/03/2013 | por Mestre

PM / RJ

Corporação amplia exigências  para aprovação de soldados…
O Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) informou na última quarta-feira, dia 27, que os interessados em ingressar como soldado devem intensificar os estudos, pois as exigências para aprovação serão ampliadas. Provavelmente serão necessários 50% de acertos em Língua Portuguesa e 40% nas demais matérias. No concurso anterior, em 2010, bastou 50% de rendimento médio no exame objetivo e na redação, não podendo obter nota zero em nenhuma disciplina. “Será exigido do candidato conheça a matéria que será cobrada no exame”, enfatizou o chefe do CRSP, tenente-coronel Roberto Vianna.
O CRSP já garantiu que os pré-candidatos devem tomar por base o programa da seleção anterior. Porém, a bibliografia será atualizada. Na época, os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas sobre Direitos Humanos, Legislação de Trânsito, Noções de Informática, Sociologia, História do Brasil, Geografia do Rio de Janeiro e Língua Portuguesa. Os aprovados no exame objetivo foram submetidos a redação. Ainda houve exame antropométrico, exames médicos e psicológicos, testes físicos, investigação social e documental e o curso de formação, de seis meses.
Candidatos que tivessem tatuagens poderiam participar, desde que o desenho não fosse ofensivo à corporação ou discriminatório nem visível com o uso dos uniformes da corporação, incluindo o de educação física (camisa de manga e bermuda). O CRSP aguarda a solução de três pendências para publicar o edital do concurso para 6 mil vagas, o que deverá ocorrer em meados de abril. São elas a aprovação por parte da Diretoria Logística da organizadora escolhida pelo CRSP; a distribuição das vagas pelos gêneros; e a aprovação orçamentária para a abertura da seleção, por parte da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão. Caberá ao governador Sérgio Cabral autorizar formalmente o concurso.
Para soldado, além do nível médio, é exigida carteira de habilitação, no mínimo, na categoria “B”. O salário inicial é de R$2.382,89, mas a remuneração pode ultrapassar R$5 mil, pois são pagas gratificações a quem faz curso de qualificação (R$350) ou trabalha em Unidade de Polícia Pacificadora (R$500 para os praças). A Assessoria de Imprensa da PM-RJ informou que os praças que se voluntariam para trabalhar na folga no sistema RAS (Regime Adicional de Serviço) recebem por oito horas/dia R$150, e por 12 horas/dia, R$225. São permitidos até oito RAS por mês. A altura mínima dos candidatos é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens.

Outros concursos - Além das vagas para soldado, a PM-RJ pretende abrir outras 965, sendo 690 para cabo auxiliar de saúde, 135 para sargento músico, 80 para oficial de saúde e 60 para oficial combatente. Para cabo auxiliar de saúde, o requisito é nível médio/técnico completo. O salário atual é de R$2.744,65. Para concorrer a 3º sargento músico será necessário ter o ensino médio, além de formação na área musical. O salário é de R$3.626,94. Já para os oficiais do quadro de Saúde, a exigência será curso superior específico. O salário do 1º tenente médico é de R$6.057,60. Além da escolaridade exigida, para todas as funções os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos, exceto os médicos, cujo limite é 35 anos. A altura mínima exigida é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens.

Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑