Categorias no image

Publicado em 10/04/2013 | por Mestre

PM / RJ

Edital depende das vagas para mulheres….

Ainda está sendo definido pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) o quantitativo de vagas que será oferecido às mulheres no concurso para soldado da corporação. A Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) já autorizou a contratação de 6 mil novos servidores, mas a distribuição das oportunidades conforme o gênero será decidida pelo Comando Geral – que aguarda aguarda uma posição do setor jurídico – e pelo governador Sérgio Cabral.

De acordo com o Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP), o prazo do concurso anterior, promovido em 2010, ainda está em vigor, de onde soldados mulheres encontram-se aguardando nomeação, o que resulta em uma das pendências para ser aberto o novo processo seletivo. Ao mesmo tempo, a organizadora escolhida ainda está sendo analisada pela Diretoria Logística da Corporação, a fim de assinar o contrato para promover o concurso.

De acordo com a PM-RJ, tão logo seja definida a distribuição das vagas e assinado o contrato com a instituição, o edital deverá ser publicado. Portanto, os que almejam a estabilidade garantida da contratação pelo regime estatutário devem intensificar logo a preparação para concorrer ao cargo.

Atualmente, o salário inicial do soldado é de R$2.382,89, podendo ultrapassar R$5 mil, somadas as gratificações para quem concluir o curso de qualificação (R$350), atuar na Unidade de Polícia Pacificadora (R$500 para os praças) ou trabalhar durante a folga. Neste caso, o sistema de Regime Adicional de Serviço (RAS) paga ainda R$150 por oito horas/dia e R$225 por 12 horas/dia, sendo permitidos oito RAS por mês.

Mais rigor – A minuta do edital do concurso já está pronta e segue o modelo de etapas da última seleção, realizada em 2010. Na época, os candidatos enfrentarem provas objetivas e redação, além de testes psicológico, físico, antropométrico, médico, social e toxicológico. Porém, este ano, haverá um maior nível de dificuldade para os candidatos, já que as exigências para aprovação serão ampliadas, sendo necessário, no mínimo, 50% de acertos em Língua Portuguesa e 40% nas demais matérias. No anterior bastava 50% de rendimento médio na prova objetiva e na redação, sem zerar qualquer disciplina.

Novo comando – O tenente-coronel Kleber dos Santos Martins é o novo chefe do CRSP da PM. O oficial, que atuava em Volta Redonda, no interior do estado, substitui o também tenente-coronel Roberto Vianna.

Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑