Categorias no image

Publicado em 04/06/2013 | por Mestre

PM RJ

Corporação já tem os orçamentos do concurso de soldado….
O Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) já encerrou o recebimento dos orçamentos das instituições interessadas em organizar o concurso para 6 mil vagas de soldado, cujo edital está previsto para a segunda quinzena de julho. A informação foi divulgada nesta segunda-feira, dia 3, acrescentando que apresentaram propostas a Fundação Getúlio Vargas, Fundação Dom Cintra, Funcefet, Cespe/UnB, Funcab, IBFC e Fundação BioRio. O CRSP encaminhará os orçamentos à Diretoria Logística (DL), que fará a escolha e providenciará o contrato. A instituição escolhida será responsável pelos exames intelectual, médico e psicológico, sendo as demais etapas realizadas pela própria PM-RJ.
Há alguns meses, a PM-RJ já havia feito a cotação com organizadoras e escolhido uma instituição. No entanto, a corporação decidiu refazer o processo, pois algumas etapas que seriam feitas pela organizadora ficará agora a cargo da  corporação. De acordo com o chefe do CRSP, tenente-coronel Kléber Martins, 10% das vagas serão destinadas às mulheres. As convocações do último concurso, realizado em 2010, seguem em andamento, sendo que a próxima, a 23ª para o exame antropométrico, está prevista para segunda-feira, dia 10 de junho. Segundo o CRSP, as chamadas estão sendo feitas rigorosamente dentro da ordem de classificação.
Para soldado, além do nível médio, é exigida carteira de habilitação, no mínimo na categoria “B”. O salário inicial é de R$2.382,89, mas a remuneração pode ultrapassar R$5 mil, pois são pagas gratificações a quem faz curso de qualificação (R$350) ou trabalha em Unidade de Polícia Pacificadora (R$750). A Assessoria de Imprensa da PM-RJ informou que os praças que se voluntariam para trabalhar na folga no sistema RAS (Regime Adicional de Serviço) recebem por oito horas/dia R$150, e por 12 horas/dia, R$225. São permitidos até oito RAS por mês. A altura mínima exigida dos candidatos é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens. Os futuros candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos.
De acordo com o CRSP, os futuros candidatos devem tomar por base o último concurso, quando os participantes foram avaliados por meio de provas objetivas sobre Direitos Humanos, Legislação de Trânsito, Noções de Informática, Sociologia, História do Brasil, Geografia do Rio de Janeiro e Língua Portuguesa. Os aprovados no exame objetivo tiveram a redação corrigida. Ainda houve exame antropométrico, exames médicos e psicológicos, testes físicos, investigação social e documental e curso de formação, de seis meses.
Candidatos tatuados puderam participar, desde que o desenho não fosse ofensivo à corporação ou discriminatório, nem visível com o uso dos uniformes da corporação, incluindo o de educação física (camisa de manga e bermuda). O objetivo da corporação é reforçar o efetivo, considerando, principalmente, a programação de instalação de Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), assim como os megaeventos internacionais, programados para até 2016.

Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , , , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑