Categorias no image

Publicado em 21/02/2013 | por Mestre

Polícia Civil – MG

Avaliação terá sete etapas….Os inscritos no concurso da Polícia Civil de Minas Gerais passarão por sete etapas: prova objetiva, exames médicos pré-admissionais, idoneidade e conduta ilibada, avaliação psicológica, exames biomédicos e biofísicos, investigação social e curso de formação. Para analista níveis I e III, que oferece 415 oportunidades, a prova objetiva será realizada no dia 2 de junho, com questões de Língua Portuguesa, Direitos Humanos, Noções de Informática e Conhecimentos Específicos.
Quem conseguir a aprovação, passará à segunda etapa, que consiste em aptidão física e mental a ser realizada através dos exames médicos pré-admissionais e perícia médica oficial. Os candidatos considerados aptos seguirão para a idoneidade e conduta ilibada, onde serão avaliados a prática de ato tipificado como ilícito penal.
Já quem vai concorrer as vagas de médico legista, com oferta de 121 vagas, e perito criminal, 95 vagas, terá que passar por provas objetivas, também no dia 2 de junho, às 14h; avaliação psicológica; exames biomédicos e biofísicos; investigação social; e curso de formação policial, que visa à preparação profissional dos aspirantes à carreira.
Os concorrentes à medico legista, serão avaliados por questões de Psiquiatria Forense, Patologia, Língua Portuguesa e Direitos Humanos. Para os peritos criminais, serão cobrados assuntos de Língua Portuguesa, Matemática, Noções de Criminalística, Noções de Medicina Legal, Noções de Contabilidade, Noções de Informática e Direitos Humanos. Os habilitados seguirão para as outras etapas, respectivamente.
Os candidatos a cargos de nível médio responderão a questões de Língua Portuguesa, Direitos Humanos, Noções de Informática e Conhecimentos Específicos. Será aprovado quem alcançar 50% do total dos pontos. A aptidão física e mental será realizada através dos exames médicos pré-admissionais e perícia médica oficial, realizada pela Diretoria de Perícias, do Hospital da Polícia Civil.
O partipante passará por teste ergométrico, com laudo; eletroencefalograma, com laudo do neurologista; radiografia do tórax; hemograma completo; contagem de plaquetas; glicemia de jejum; anti- BHS quantitativo; surologia para Lues ou VDRL; urina rotina; audiometria tonal e vocal; gama GT; e uréia e creatinina.
Já na idoneidade e conduta ilibada serão analisados fatores como prática de ato tipificado como ilícito penal; prática, em caso de servidor público, de transgressões disciplinares ou que tenha sofrido pena disciplinar ou transgressão de natureza grave; prática de ato que possa importar em repercussão social de caráter negativo ou comprometer a função de segurança e confiabilidade da Instituição Policial; e dependência química (drogas lícitas e/ou ilícitas). O cartão de confirmação com data, horário e local de realização dos exames será divulgado no site da organizadora cinco dias úteis antes da data da prova objetiva, ou seja, até o dia 27 de maio, no site da Fumarc.
Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑