Categorias no image

Publicado em 06/06/2013 | por Mestre

Polícia Federal

Nova autorização de pedido cada vez mais perto. Pedido de 1.200 vagas…
Está cada vez mais perto a autorização de um novo concurso para a Polícia Federal (PF). Segundo fonte no Ministério do Planejamento, o processo referente a solicitação de 1.200 vagas de agente, escrivão e delegado foi validado pela Consultoria Jurídica da pasta e agora depende de um parecer favorável da Secretaria Executiva, para, em seguida, ser submetido à avaliação final da ministra Miriam Belchior, titular da pasta. A realização do concurso este ano já está pactuado com a Casa Civil da Presidência da República, como informou o Ministério da Justiça ainda em 2012.
O pedido foi recebido nesta terça-feira, dia 16, pela Secretaria Executiva do Planejamento, que costuma levar cerca de uma semana para avaliar esse tipo de processo, conforme explicou a fonte no ministério. No entanto, não é possível prever ser a análise da solicitação da PF será feita em tempo semelhante.
Embora a solicitação envolva três cargos, o mais provável é que, inicialmente, seja permitida a realização de concurso apenas para agente, que é o único que não conta com seleção vigente e cujo pedido é de 600 vagas. Os requisitos básicos do cargo são o ensino superior completo em qualquer área e a carteira de habilitação (categoria B ou superior). A remuneração inicial é de R$7.887,33, o que já inclui o auxílio-alimentação, de R$373.
Os requisitos e a remuneração para escrivão são idênticos aos de agente. Para delegado, a escolaridade necessária passar a ser o bacharelado em Direito. Os ganhos iniciais do cargo são de R$14.410,11, também com o auxílio.
Continuidade – Além do concurso que deve ser autorizado, existe a expectativa de abertura de nova oportunidade na seleção para 600 vagas de escrivão (350 vagas), delegado (150) e perito (100), que será retomada pela PF, após suspensão imposta pelo Supremo Tribunal Federal (STF), devido à ausência de vagas reservadas a pessoas com deficiência.
Para dar continuidade à seleção, o departamento terá que retificar os editais, incluindo a reserva de vagas para deficientes, e reabrir as inscrições. Segundo a Assessoria de Imprensa do órgão, embora ainda não haja definição, é de praxe que o prazo seja reaberto também para as vagas de ampla concorrência. No caso de perito, a remuneração é a mesma de delegado, mas a formação superior necessária varia conforme a área pretendida (são 13). O cronograma de retomada do concurso será definido pela PF, possivelmente, até o fim deste mês.
Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , , , , , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑