Administrativa no image

Publicado em 25/09/2012 | por Mestre

PRF

Agente Administrativo
Os interessados em ingressar no serviço público federal, atuando em Brasília, têm até o dia 10 de outubro para se inscrever no concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para 71 vagas na área de apoio. A seleção é uma grande oportunidade, especialmente para aqueles que possuem o ensino médio completo. Para esses, são oferecidas 67 vagas de agente administrativo, cargo que proporciona remuneração inicial de R$3.203,97, já incluindo auxílio-alimentação de R$304. As inscrições são recebidas no site do organizador, o Cespe/UnB. As provas objetivas estão previstas para 18 de novembro, apenas em Brasília.
As outras vagas do concurso são para técnico em assuntos educacionais (três chances), destinado aos graduados em Pedagogia, e técnico de nível superior (uma), para o qual poderão concorrer aqueles que possuem o ensino superior completo em qualquer área. Em ambos os casos, os ganhos iniciais, com o auxílio, são de R$3.835,32. Os habilitados para os três cargos serão contratados pelo regime estatutário, que proporciona estabilidade, e terão que cumprir carga de trabalho de 40 horas semanais.
No edital do concurso, a remuneração informada, somada ao auxílio-alimentação, é de R$2.668,47 para agente e de R$2.975,22 para os demais cargos. Os valores, no entanto, consideram o patamar mínimo da gratificação de desempenho. Após avaliação de desempenho, os ganhos mensais, já com o auxílio, poderão chegar a R$3.418,17 no nível médio e R$4.179,72, no superior, com a gratificação no valor máximo.
As inscrições serão recebidas mediante a taxa de R$55 (agente) ou  R$65 (técnicos), cujo pagamento deverá ser realizado até 23 de outubro. Os inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda familiar mensal de até R$1.866 (três salários mínimos) ou renda familiar mensal por pessoa de até R$311 (meio salário mínimo), poderão solicitar isenção da taxa.
Além das provas objetivas, a seleção compreende investigação social e/ou funcional. A previsão é que os aprovados sejam lotados até o fim do ano, conforme recomendação do Ministério do Planejamento. A seleção, cuja validade será de seis meses, podendo dobrar, é destinada à substituição de terceirizados irregulares, prevista em acordo com o Ministério Público do Trabalho (MPT).
Fonte: Folha Dirigida

Tags: ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑