Categorias no image

Publicado em 11/07/2012 | por Mestre

PRF

Novo Concurso

O edital do concurso para 1.500 vagas de policial rodoviário federal poderá ser divulgado ainda este ano. De acordo com informação da Divisão de Seleção e Recrutamento Profissional (Disepro) da Polícia Rodoviária Federal (PRF), isso dependerá de quando será concedida a autorização solicitada ao Ministério do Planejamento.

Anteriormente, a PRF já havia informado que espera para este ano a liberação do novo concurso solicitado para o cargo que tem como requisitos o ensino superior completo em qualquer área e a carteira de habilitação, na categoria B ou superior. A remuneração inicial dos policiais rodoviários federais é de R$6.108,95, já com auxílio-alimentação de R$304.

A solicitação da PRF está em análise na Secretaria de Gestão Pública do Planejamento desde o início do mês passado, quando deu entrada na pasta. A meta da PRF é preencher 4.500 vagas em três anos (1.500 em cada).

Excedentes – A PRF também já solicitou autorização para convocar os excedentes do concurso aberto em 2009, cujo resultado final está previsto para ser homologado no início de setembro (a seleção ficou parada por mais de dois anos em função de fraude já apurada pelo Ministério Público Federal).

No último dia 5, a diretora-geral da PRF, Maria Alice Nascimento, comentou em seu perfil na rede social Facebook sobre a expectativa de nomeação dos aprovados para as 750 vagas iniciais e ainda projetou a convocação de excedentes, além do limite de 50% sobre a oferta original do concurso (como prevê o Decreto 6.944/09), o que depende de autorização presidencial. “Em setembro, se tudo correr bem, daremos posse aos novos PRFs e chamaremos mais 750.”

Apoio – Também teve a autorização solicitada pelo departamento e deve acontecer ainda este ano o primeiro concurso para a área de apoio da PRF. Foram pedidas 71 vagas, sendo 67 de agente administrativo (de nível médio, com iniciais de R$3.203,97, com o auxílio) e quatro em cargo de nível superior (não informado).

A seleção será destinada à substituição de terceirizados irregulares, prevista em acordo com o Ministério Público do Trabalho (MPT), cujo prazo para conclusão vai até o fim deste ano.

Fonte: Folha Dirigida

Tags: , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑