Categorias no image

Publicado em 13/07/2012 | por Mestre

Receita Federal

Período de Inscrições
Serão abertas na próxima segunda-feira, dia 16, às 10h, as inscrições do concurso para 950 vagas na Receita Federal. São 750 oportunidades para analista-tributário, com remuneração inicial de R$8.300,07, e 200 para auditor-fiscal, com iniciais de R$13.904.
Todas as chances, em ambos os cargos, podem ser disputadas por quem possui o ensino superior completo, em qualquer área (inclusive tecnólogo). O prazo de inscrição vai até o dia 29 deste mês.
Das vagas de analista, 700 são para atuação em diversas áreas da Receita (Geral). Dessas, 665 são para ampla concorrência e 35 reservadas a deficientes. As outras 50 são específicas para trabalhar na área de Informática, sendo 47 regulares e três para deficientes. Para auditor, das 200 vagas oferecidas, 190 são abertas a qualquer candidato, e dez são exclusivas para aqueles que possuem deficiência.
Vantagens e lotação - As contratações serão pelo regime estatutário, que garante estabilidade, e os admitidos farão jus aos benefícios comuns aos servidores federais, entre eles o auxílio-alimentação, de R$304, já somado à remuneração informada.
A lotação dos convocados poderá ser nas unidades centrais da Receita, em Brasília, ou em unidades descentralizadas, em todo o país. A distribuição das vagas será informada futuramente, com os candidatos devendo informar suas preferências, em prazo fixado pela Esaf.
O preenchimento das vagas em cada unidade será feito observando-se a ordem de classificação na primeira etapa da seleção. Os concursados deverão permanecer na lotação inicial por pelo menos três anos.
InscriçõesPara se inscrever, os interessados deverão acessar o site da Esaf (organizadora) e, após preencher o requerimento online, imprimir o boleto da taxa, de R$100 (analista) ou R$130 (auditor), pagável até o dia 30 deste mês, em toda a rede bancária.
É possível se inscrever utilizando computadores disponibilizados em órgãos do Ministério da Fazenda. No Rio de Janeiro, os interessados deverão se dirigir ao Centro Regional de Treinamento da Esaf, no Castelo, região central da capital fluminense. O atendimento será das 9h às 17h.
Isenção Somente até a terça, 17, os integrantes do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) com renda familiar mensal de até R$1.866 (três salários mínimos) ou renda familiar mensal por pessoa de até R$311 (meio salário mínimo) poderão se candidatar solicitando a isenção da taxa.

Provas objetivas já em setembro

O concurso da Receita será feito em duas etapas, com a primeira sendo composta por provas objetivas e dissertativa (analista) ou discursiva (auditor). A segunda etapa corresponderá à sindicância de vida pregressa, apenas eliminatória.

As provas objetivas serão aplicadas em setembro, nos dias 15 e 16 para auditor, e apenas no dia 16 para analista. Os exames acontecem em todas as capitais, com a cidade de prova devendo ser indicada pelo candidato no ato da inscrição. O mesmo vale para a escolha do idioma para a disciplina de Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol).
Para auditor, a avaliação será dividida em três partes: Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos I e II. No caso de analista, as provas serão de Conhecimentos Gerais e de Conhecimentos Específicos.
Critérios - Serão aprovados e convocados para as provas subjetivas aqueles que obtiverem, no mínimo, 40% dos pontos ponderados de cada disciplina, pelo menos, 60% da pontuação ponderada do conjuntos das provas (144 pontos de um total de 240 para analista e 216 de 360 totais para auditor) e se classificarem até a posição limite para cada cargo.
Para analista, será necessário estar classificado até a posição de número 1.995 (105 para os deficientes), no caso das vagas gerais, e 141ª para as da área de Informática (9). Os aspirantes a auditor precisarão ficar entre os 570 melhores (30). Em todos os casos, serão considerados os empates na posição limite.
Já para se habilitar à segunda etapa os candidatos deverão obter pelo menos 60 dos 100 pontos da dissertativa para analista ou 72 dos 120 da discursiva para auditor (60% dos pontos), além de se classificar em até duas vezes o número de vagas (1.500 e 400, respectivamente). O concurso terá validade de seis meses, podendo dobrar.

Fonte: Folha Dirigida

Tags: ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑