Dicas no image

Publicado em 09/11/2012 | por Mestre

TJ / SP

Especialista sobre a importância do controle emocional nas provas
Com uma concorrência de 259 candidatos por vaga somente na capital, o concurso para escrevente do Tribunal de Justiça de São Paulo exige, além de muito estudo e dedicação, uma dose de autocontrole, antes  e durante a prova. Para o psicoterapeuta, especialista em Psicologia da Educação, Leo Fraiman, é preciso intercalar os estudos com atividades esportivas, prazerosas e de descanso. “É interessante praticar esporte três vezes por semana e estudar em ciclos de 45 ou 50 minutos. Estuda 45 ou 50 minutos, faz cinco minutos de descanso, vai tomar uma água, ouve música, volta para mais 45 ou 50 minutos”. Mas é possível fazer muito mais, segundo o especialista:

- praticar de esportes – O esporte libera endorfina, calmante natural, e também adrenalina, que irriga as conexões cerebrais, fazendo a pessoa pensar melhor. Também contribui para melhorar o sono. Os esportes aeróbicos, como corrida e natação liberam mais endorfina, já yoga e tai chi chuan ajudam a relaxar. Fazer alongamento durante a prova também ajuda a relaxar.

- dormir cedo – O período das 22h00 às 4h00 é o de maior liberação do hormônio do crescimento (GH), que ajuda, entre outras coisas a memória e a concentração. Por isso, o horário ideal para se recolher é 21h30. Se não tiver sono, o candidato pode pegar um livro de ficção e deitar na cama, desligando a televisão ou rádio ou qualquer outra coisa que estimule o cérebro. É importante dormir oito horas diárias, mas se não conseguir uma soneca de 20 a 40 minutos na hora do almoço será revitalizante.

- estudar as matérias alternadamente – principalmente nos casos de matérias de Humanas e Exatas, por exemplo, Português e Matemática, Direito e Informática. Isso ajuda o cérebro fixar os conteúdos. Na fase final, focar nas disciplinas em que tem mais facilidade. Não é hora de tentar entender o que ainda não foi compreendido!

Na véspera:

-  fazer atividades prazerosas, como  assistir a um filme, assistir a um show de comédia, ir ao parque, ficar perto de amigos e pessoas que o deixem para cima, tudo que coloque o humor em estado de leveza ou felicidade. Quem está mais ansioso pode lançar mão de massagem e acupuntura. Ninguém aprende em um ou dois dias o que não aprendeu em um ano. É hora de relaxar!

- evitar o uso de álcool – é um pecado mortal, pois deixa o pensamento lentificado, o que atrapalha a concentração.

- alimentação – fazer uma dieta equilibrada, com proteínas, fibras e carboidratos.  Na semana da prova, preferir arroz, feijão, verduras e grelhados. No dia da prova, em vez de barras de chocolate, o candidato pode levar uma fruta (banana ou maçã) ou bolacha de água e sal. O chocolate, em pouca quantidade, libera dopamina, que dá sensação de prazer, mas é bom evitar em grande quantidade, porque a presença de gordura pode levar a uma diarréia

Combatendo o Branco!
Um dos vilões dos candidatos que estão com a matéria na ponta da língua é o famoso “branco”. Na hora “H”  tudo que se estudou parece ter fugido da memória. Para isso, também há remédio. Segundo o especialista existem duas técnicas: as pistas associativas e a respiração quadrada. Nas pistas associativas, o candidato deve tentar lembrar o contexto de quando aprendeu aquele conceito: onde ele estava, quem o explicou. “É uma dica para o cérebro saber o caminho neural para encontrar aquela resposta”, explica Fraiman.

A respiração quadrada, além de estimular o cérebro, ajuda a acalmar. O candidato precisa inspirar, visualizando o número um, segurar a respiração por três segundos, e expirar, assoprando o número um para o infinito. “Ele pode repetir isso de 20 a 30 vezes. Isso costuma ser suficiente para o cérebro ganhar de novo calma e tranquilidade para fazer a prova. Ajuda a manter o equilíbrio emocional”, diz o especialista. “E preciso evitar pensamentos negativos, que disparam emoção negativa, medo, como ‘Eu não sei de nada. Sou burro. Meu mundo
vai acabar’”, orienta Fraiman.

Fonte: Folha Dirigida

Tags: ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑