Categorias no image

Publicado em 01/10/2012 | por Mestre

TJ / SP

Inscrições sprosseguem
Mesmo com uma generosa oferta inicial de 1.035 vagas, em todo o estado, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) pretende convocar um número maior de aprovados para ingresso em seu concurso público para o cargo de escrevente técnico judiciário. De acordo com o juiz assessor da presidência, João Baptista Galhardo, a intenção é aproveitar aproximadamente 2 mil servidores, com início da convocação dos aprovados a partir de março de 2013. Do total de vagas imediatas, a maior oferta é para a capital paulista, com 300. Para concorrer é necessário possuir ensino médio completo. O salário é de R$4.191, já considerando os benefícios de auxílio alimentação (R$29 por dia trabalhado), auxílio transporte (R$6 por dia trabalhado) e auxílio saúde (R$66 por mês), com jornada de trabalho de 40 horas semanais. O atendimento vai até o próximo dia 11.
As inscrições podem ser feitas somente pela internet, na página eletrônica da organizadora, a Fundação Vunesp. Os interessados também podem comparecer nas unidades do Poupatempo e Infocentros, que oferecem internet gratuitamente, pelo programa Acessa São Paulo. A taxa é de R$50. Quem deixar a inscrição para o último dia deve ficar atento ao horário, uma vez que o pagamento deve ser feito por meio de boleto bancário.
No ato de inscrição, o candidato deve optar por uma das dez regiões administrativas do Estado, com sede nos seguintes municípios – 1ª região, Grande São Paulo (sede na capital); 2ªAraçatuba; 3ª Bauru; 4ª Campinas; 5ª Presidente Prudente; 6ª Ribeirão Preto; 7ª Santos ; 8ª
São José do Rio Preto; 9ª São José dos Campos e 10ª Sorocaba. Cada região conta com um número específico de vagas, distribuídas pelas diversas  circunscrições judiciárias. Quem participar do concurso deve indicar quais são as unidades de preferência. De acordo com o juiz João Baptista Galhardo será respeitada a opção indicada pelo candidato. “Vamos procurar atender, de acordo com a quantidade de aprovados, classificação e opções a primeira escolha do local onde o candidato deseja ser lotado”, esclareceu. “Não sendo possível, será chamado para a segunda e terceira opção, e assim por diante”. De acordo com Galhardo, a intenção de convocar muitos remanescentes, além da oferta inicial de vagas, se deve à grande necessidade de servidores em todo o Estado. O juiz diz que é preciso ter de quatro a cinco mil novos escreventes, mas que isso ainda depende da disponibilidade orçamentária. As contratações deverão ser feitas durante o prazo de validade do concurso, que será de um ano, podendo
ser prorrogado uma vez, pelo mesmo período.

SERVIÇO
Inscrições - www.vunesp.com.br

Fonte: Folha Dirigida

Tags: ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑