Categorias no image

Publicado em 29/06/2012 | por Mestre

TJ / SP

Concurso do TJ-SP.
O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) está finalizando o cronograma do concurso para escrevente técnico judiciário. A expectativa é de que isto seja fechado nos próximos dias, junto com a organizadora, a Fundação Vunesp, para que o documento possa ser finalmente liberado. Como confirmado pelo juiz João Baptista Galhardo Júnior, assessor da presidência do TJ, a previsão é de mil vagas, mas existe a intenção de aumentar este total, de acordo com a
disponibilidade orçamentária.
Para concorrer é necessário possuir ensino médio completo. A remuneração inicial, atualizada recentemente, é de R$4.191, com benefícios, passando para  até R$4.424,34 para servidores lotados no gabinete. Como benefícios, os servidores contam com auxílio transporte de R$6 por dia e auxílio alimentação de R$29, ambos por dia trabalhado. Além disso, há ainda auxílio saúde de R$66 mensais. O juiz assessor antecipou que as inscrições serão recebidas entre agosto e setembro. As vagas oferecidas serão distribuídas entre as dez regiões administrativas do estado, com sedes nos seguintes municípios: 1° região, Grande São Paulo (sede na capital);
2°Araçatuba; 3° Bauru; 4° Campinas; 5° Presidente Prudente; 6° Ribeirão Preto; 7° São José do Rio Preto; 8° São José dos Campos; 9° Santos e 10° Sorocaba. Cada uma dessas regiões abrange diversas comarcas. Para a grande São Paulo, a sede fica na capital. Os candidatos deverão se inscrever em cada uma das regionais e ocuparão as vagas conforme a classificação e disponibilidade de oportunidades. A prova objetiva está prevista para outubro. Os interessados já podem ir se preparando, com base no conteúdo programático do último concurso, realizado em 2010 para capital paulista. De acordo com o juiz assessor não haverá alterações com relação ao conteúdo cobrado, apenas atualizações em Português, devido ao novo acordo ortográfico.
Os candidatos serão submetidos a provas objetiva e prática de digitação. No último, a parte objetiva contou com 80 questões, sendo 30 de Língua Portuguesa, 38 de Conhecimentos em Direito(Penal, Processual Penal, Processual Civil, Constitucional, Administrativo e Normas da Corregedoria Geral da Justiça) e 12 de Conhecimentos Gerais (Atualidades, Matemática e Informática).
Já a prova de digitação, de caráter eliminatório, constou da cópia de um texto impresso, com aproximadamente 1.800 caracteres. O candidato deveria transcrever o texto em 11 minutos. Para cada erro, foram descontados 0,05 ponto. Na época, foram registrados 100.833 inscritos para a oferta de 300 vagas. Superando a oferta inicial, foram nomeados, até o momento, 826 aprovados. A seleção tem validade até 2013, o que não impede que sejam oferecidas vagas para o novo concurso, desde que, segundo Galhardo, sejam priorizadas as contratações dos remanescentes do concurso anterior.
Fonte: Folha Dirigida

Tags: , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑