Administrativa no image

Publicado em 15/06/2012 | por Mestre

TRE – RJ

Saiu Edital
O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), desembargador Luiz Zveiter, confirmou  na última segunda, dia 11, que o edital do concurso para técnico (níve médio) e analista (nível superior) judiciários está pronto e sairá mesmo até esta sexta, dia 15. Segundo a Assessoria de Imprensa do órgão, a prova está prevista para  dia 26 de agosto. O TRE-RJ também divulgou a tabela de cargos/especialidades do concurso. Inicialmente, serão oferecidas 19 vagas imediatas, além de formação de cadastro de reserva, distribuídas por três áreas de técnico e oito de analista.
Embora a oferta seja pequena, isso não deve ser um motivo de desestímulo para os futuros candidatos, tendo em vista que o TRE-RJ tem tradição de chamar muitos aprovados ao longo do prazo de validade de seus concursos. Na última seleção, realizada em 2006, o edital trazia 435 vagas, mas foram efetuadas 594 convocações (36% além do quantitativo inicial), sendo 342 técnicos judiciários e 252 analistas judiciários, em diferentes especialidades.
O destaque deste novo concurso é técnico judiciário da área administrativa, que exige apenas o nível médio, já que o cargo contará com a maior oferta de vagas: nove. As outras duas especialidades de técnico (Operação de Computador e Programação de Sistemas) são para a área de apoio especializado, que também deverão exigir só o nível médio. Para analista, haverá oportunidades para as seguintes áreas: administrativa sem especialidade (superior em qualquer área), administrativa/Contabilidade (formação em Contabilidade), judiciária (superior em Direito) e apoio especializado (graduação em Análise de Sistemas, Arquitetura, Engenharia Civil e Engenharia Elétrica).
O prazo de inscrição ainda não foi informado, mas sabe-se que o Cespe/UnB, organizadora do concurso, receberá inscrições pela internet, em seu site e, possivelmente, em postos. As taxas ainda não foram divulgadas. A princípio, o processo seletivo não deve sofrer muitas alterações em relação ao da seleção de 2006, cujo organizador também foi o Cespe/UnB, o que significa que o preparatório deve ser baseado nos programas e provas anteriores.
Esta é uma boa oportunidade para os que buscam estabilidade profissional, pois a contratação será feita através do regime estatutário. Um fator que vem atraindo muitas pessoas para este concurso é o valor das remunerações iniciais, que para técnico é de R$4.303,09 e, para analista, de R$7.261,52. Em ambos valores já estão incluídos a Gratificação de Atividade Judiciária (GAJ) e o auxílio-alimentação (R$710). Os funcionários que quiserem poderão solicitar, também, auxílio pré-escolar (de R$561 por dependente menor de seis anos) e reembolso de até R$120 mensais, por dependente, com gastos do plano de saúde.
As disciplinas cobradas na prova objetiva para técnico judiciário, que contou com 80 questões, foram Língua Portuguesa, Noções de Informática, Noções de Arquivologia, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Eleitoral, Noções de Direito Administrativo e Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais. O conteúdo exigido para analista judiciário contemplou as mesmas disciplinas, sendo que os concorrentes a esta função também foram submetidos a uma prova discursiva e avaliações de títulos.

Técnico judiciário: veja programa anterior

Especialistas na área de concurso orientam os futuros candidatos a tomarem como base de estudo o programa da última seleção realizada pelo TRE-RJ, em 2006:

CONHECIMENTOS BÁSICOS
LÍNGUA PORTUGUESA: 1 Compreensão e interpretação de textos. 2 Tipologia textual. 3 Ortografia oficial. 4 Acentuação gráfica. 5 Emprego das classes de palavras. 6 Emprego do sinal indicativo de crase. 7 Sintaxe da oração e do período. 8 Pontuação. 9 Concordância nominal e verbal. 10 Regência nominal e verbal. 11 Significação das palavras. 12 Redação de correspondências oficiais.  serviços gerais

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 1 Sistema operacional Windows XP. 2 Microsoft Office: Word 2002, Excel 2002 e Power Point 2002. 3 Conceitos e tecnologias relacionados à Internet e a Correio Eletrônico. 4 Internet Explorer 6 e Outlook Express 6.

NOÇÕES DE ARQUIVOLOGIA: 1 Conceitos fundamentais de arquivologia. 2 O gerenciamento da informação e a gestão de documentos: diagnósticos; arquivos correntes e intermediários; protocolos; avaliação de documentos; arquivos permanentes. 3 Tipologias documentais e suportes físicos: microfilmagem; automação; preservação, conservação e restauração de documentos.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL: 1 Direitos e deveres fundamentais: direitos e deveres individuais e coletivos; direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade; direitos sociais, nacionalidade; cidadania e direitos políticos; partidos políticos; garantias constitucionais individuais; garantias dos direitos coletivos, sociais e políticos. 2 Poder legislativo: fundamento, atribuições e garantias de independência. 3 Poder Executivo. 4 Forma e sistema de governo; chefia de estado e chefia de governo; atribuições e responsabilidades do Presidente da República. Ordem Social: base e objetivos da ordem social; seguridade social; educação, cultura e esporte; ciência e tecnologia; comunicação social; meio ambiente; família, criança, adolescente e idoso.

NOÇÕES DE DIREITO ELEITORAL: 1 Código Eleitoral (Lei n.º 4.737/65 e respectivas atualizações, inclusive lei n.º 9.504/97): 1.1 Dos órgãos da Justiça Eleitoral: dos Tribunais Regionais Eleitorais; 1.2 Dos Juizes Eleitorais; 1.3 Das Juntas Eleitorais: composição e atribuições. 2 Resolução TSE n.º 21.538/03 (DJU do dia 03/11/03).

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO: 1 Estado, governo e administração pública; conceitos, elementos, poderes e organização; natureza, fins e princípios. 2 Organização administrativa da União: administração direta e indireta. 3 Agentes públicos: espécies e classificação; poderes, deveres e prerrogativas; cargo, emprego e funções públicas; regime jurídico único: provimento, vacância, remoção, redistribuição e substituição; direitos e vantagens; regime disciplinar; responsabilidade civil, criminal e administrativa. 4 Poderes administrativos: poder hierárquico; poder disciplinar; poder regulamentar; poder de polícia; uso e abuso do poder. 5 Serviços públicos: conceito, classificação, regulamentação e controle; forma, meios e requisitos; delegação: concessão, permissão, autorização. 6 Controle e responsabilização da administração: controle administrativo; controle judicial; controle legislativo; responsabilidade civil do estado.

NORMAS APLICÁVEIS AOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS.

Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑