Administrativa no image

Publicado em 01/03/2013 | por Mestre

TRF 3ª Região

Edital será publicado após liberação do orçamento de 2013….

A publicação do edital do concurso público para técnicos e analistas do Tribunal Regional federal da 3ª Região (TRF 3ª), que engloba os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, deve ocorrer logo após a aprovação do orçamento federal, prevista para março. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, o Tribunal recebeu orientação e apoio do Conselho da Justiça Federal em Brasília, juntamente com a Secretaria de Orçamento e Finanças do Ministério do Planejamento, para utilizar a verba prevista no orçamento de 2013 na contratação da organizadora, um dos últimos detalhes a ser definidos antes da publicação. O líder da bancada do PMDB na Câmara, deputado Eduardo Cunha (RJ), afirmou que a expectativa é de que  Projeto de Lei Orçamentária Anual de 2013 (Ploa 2013) seja votado na próxima semana pelo congresso.

O departamento de seleção do TRF da 3ª Região já adiantou que o número definitivo de vagas do concurso será definido no fechamento do edital, pois contará com todas as vagas disponíveis na região judiciária, como já havia adiantado o presidente do órgão, desembargador Newton de Lucca. O Tribunal já conta com 39 vagas  disponíveis, de acordo com o último levantamento funcional. Deste total, dez são para analistas e 29 para técnicos judiciários. A  expectativa é de que o número de contratações seja muito superior aoprevisto no edital, por causa da criação de 32 novas varas, que serão inauguradas até o próximo ano. Com criação das novas unidades serão abertas 640 novas vagas, das quais 352 para o cargo de técnico judiciário e 288 para analista judiciário.

Para concorrer a técnico é necessário possuir ensino médio completo e para analistas, nível superior. As remunerações iniciais são de R$4.623 e R$7.181,52 respectivamente. Como  benefícios, o Tribunal oferece vale-transporte, reembolso parcial de creche, participação na assistência médico-hospitalar (inclusive para dependentes) e adicional de qualificação. Além das vagas já confirmadas  de técnico na área administrativa  e analista na área judiciária (para quem possui nível superior em Direito), o concurso deverá contar com vagas para as áreas de apoio especializado e de serviços.  Neste caso, além da escolaridade, outras exigências específicas podem ser cobradas, como curso técnico ou habilidade específica na área de atuação, que deve ser comprovada na prova prática.

O último concurso do Tribunal, realizado em 2007, contou com 356 nomeados até abril de 2012, fim do prazo de validade, superando a oferta inicial de 191 vagas. Na ocasião foram registrados 95.299 inscritos. A organizadora foi a Fundação Carlos Chagas. Atualmente, o TRF da 3ª Região conta com um quadro de pessoal de 1.867 servidores, sendo 599 analistas judiciários, 1.234 técnicos judiciários e 34 auxiliares judiciários.

Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑