Administrativa no image

Publicado em 22/03/2013 | por Mestre

TRF 3ª Região

Edital está praticamente pronto….
O edital do concurso que será promovido pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF 3ª), que engloba os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, já está praticamente finalizado. De acordo com a Secretaria de Gestão de Pessoas do órgão, documento deve ser apresentado a presidência nos próximos dias para que a seleção seja autorizada, o que ainda não tinha sido possível devido a falta de verba. Com isto, a liberação do edital, prevista para ocorrer ainda em março, deve atrasar, mas responsáveis pelo setor ressaltam que a publicação ocorrerá ainda neste semestre. O Tribunal dependia apenas da chegada do orçamento de 2013, já aprovado pelo Congresso Nacional, para realizar a contratação da organizadora do concurso.  Com a definição existe a possibilidade de que a autorização e a contratação da instituição aconteçam nos próximos dias, caso não haja licitação, o que aceleraria a publicação.
Para concorrer ao cargo de técnico a exigência é de ensino médio completo e para analistas é exigido nível superior. As remunerações iniciais são de R$4.623 e R$7.181,52 respectivamente. Como benefícios, o Tribunal oferece vale-transporte, reembolso parcial de creche, participação na assistência médico-hospitalar (inclusive para dependentes) e adicional de qualificação. O número de vagas somente será definido no fechamento do edital, pois contará com todas as vagas disponíveis na região judiciária  como já havia adiantado departamento de seleção do TRF da 3ª Região.  A expectativa é de que o número de contratações seja muito superior ao previsto no edital, em decorrência da criação de 32 novas varas, que serão inauguradas até o próximo ano. Com criação das novas unidades serão abertas 640 novas vagas, sendo 352 para técnico judiciário e 288 para analista judiciário. Atualmente o TRF já conta com 39 vagas disponíveis para o concurso, de acordo com o último levantamento funcional.
Além dos cargos já confirmados  de técnico na área administrativa  e analista na área judiciária (para quem possui nível superior em Direito), o concurso deverá contar com vagas para as áreas de apoio especializado e de serviços.  Neste caso, além da escolaridade, outras exigências específicas podem ser cobradas, como curso técnico ou habilidade específica na área de atuação, que deve ser comprovada na prova prática.O último concurso do Tribunal, realizado em 2007, contou com 356 servidores nomeados até abril de 2012, fim do prazo de validade, superando a oferta inicial de 191 vagas. Na ocasião foram registrados 95.299 inscritos. A organizadora foi a Fundação Carlos Chagas. Atualmente o TRF da 3ª Região conta com um quadro de pessoal de 1.867 servidores, sendo 599 analistas judiciários, 1.234 técnicos judiciários e 34 auxiliares judiciários.

Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑