Administrativa no image

Publicado em 06/09/2012 | por Mestre

TRF 5ª Região

Edital de convocação na terça, dia 11
O edital de convocação para as provas objetiva e de redação do concurso para o Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5ª Região) será divulgado na próxima terça-feira, dia 11, no site da Fundação Carlos Chagas (FCC), organizadora. As provas objetiva e de redação serão aplicadas no dia 23 de setembro.
As informações sobre locais e horários da avaliação serão enviadas para o e-mail de inscrição dos candidatos, a partir do dia 13 de setembro. No dia do teste, é necessário levar somente documento original com foto, cartão de confirmação, caneta preta, lápis nº2 e borracha. É recomendável que os concorrentes cheguem com pelo menos, uma hora de antecedência.
O exame terá quatro horas de duração. Serão cobradas 50 questões para o cargo de técnico e 60 para o de analista, sobre as disciplinas de Língua Portuguesa, Atos Normativos e Conhecimentos Específicos, que variam de acordo com a função pretendida. Serão aprovados aqueles que obtiverem nota mínima de 150 pontos (técnico) e 200 (analista).
A prova discursiva consiste em uma redação, que deve ter entre 20 e 30 linhas, e valerá até 100 pontos. Somente aqueles que estiverem entre os primeiros 200 colocados terão os textos corrigidos. Nesta fase, os candidatos devem mostrar ter conhecimento técnico-jurídico. Estarão habilitados os que obtiverem no mínimo, metade da pontuação exigida.
Os concorrentes à função de técnico judiciário na área de segurança e transporte, ao invés de realizarem a redação, farão um teste de aptidão física. Aqueles que disputam as vagas do cargo de técnico judiciário na área adnimistrativa, serão submetidos a uma prova de digitação. As duas fases estão previstas para serem realizadas nos dias 19 e 20 de janeiro, respectivamente.
O concurso para o TRF-5ª Região reúne 90.089 candidatos. Destes, 51.510 estão concorrendo ao cargo de técnico judiciário e 38.579 ao de analista. A seleção será para formação de cadastro de reserva. As remunerações iniciais são de R$4.103,09 para técnico e de R$7.261,52 para analista, já incluso adicional de Gratificação de Atividade Judiciária (R$59,87), auxílio-alimentação (R$710) e vale-transporte, cujo valor varia de acordo com o local onde o servidor reside. As contratações serão feitas pelo regime estatutário, e o servidor ainda tem chances de ascensão profissional. A validade da seleção é de dois anos, prorrogável pelo mesmo prazo.

Fonte: Folha Dirigida

Tags:


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑