Administrativa no image

Publicado em 18/02/2013 | por Mestre

TRF 5ª Região

Aprovados no concurso público do TRF-5  serão nomeados….

Uma ótima notícia para os aprovados no concurso público do Tribunal Regional Federal da 5ª região (TRF-5), com jurisdição em Alagoas, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe. A Advocacia-Geral da União (AGU) conseguiu reverter na Justiça a anulação de quatro questões da prova objetiva que impossibilitava as nomeações dos candidatos aprovados para o cargo de analista judiciário da área judiciária.

O motivo do impedimento foi uma decisão tomada pela 6ª Vara da Seção Judiciária de Pernambuco ao entender que os itens 35, 36, 38 e 39 das provas cobravam matérias não constates no edital de abertura, o que suspendeu as nomeações.

A Advocacia Geral da União (AGU) foi acionada e sustentou que a decisão judicial que anulou os itens da prova representava lesão à ordem pública, interferindo na continuidade dos trabalho do TRF-5, assim como em sua autonomia funcional e administrativa. Com a decisão a favor do tribunal, o cronograma do concurso está mantido.

O concurso

De acordo com o documento normativo, a seleção visa a formação apenas de cadastro reserva em cargos de níveis médio e superior. Os salários vão de R$ 3.993,09 a R$ 6.551,52. A Fundação Carlos Chagas (FCC) é a banca organizadora. As provas objetivas e discursivas foram aplicadas no dia 23 de setembro de 2012.

Além da área judiciária, o cargo de analista judiciário ainda oferece chances nas áreas administrativa e judiciária com especialidade em execução de mandados. Já para nível médio, o cargo é o de técnico judiciário nas áreas administrativa e administrativa com especialidade em segurança e transporte.

Fonte: Correio Web

Tags: , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑