Administrativa no image

Publicado em 08/08/2012 | por Mestre

TRT 10 ª Região

Estabilidade e prazo aberto
O Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10) segue inscrevendo candidatos a técnico e analista judiciários, dos níveis médio, médio/técnico e superior. São 28 vagas em cinco atribuições, além de formação de cadastro em outras sete, totalizando 12 áreas/especialidades. Técnicos e analistas têm remunerações de R$4.762,96 e R$7.321,39 – incluídos R$710 de alimentação -, respectivamente, para carga de 40 horas semanais, em regime estatutário.
Para se inscrever, os interessados devem preencher o formulário no site do Cespe/UnB, organizador, até as 23h59 do dia 20 de agosto. As taxas são de R$60 para os níveis médio e médio/técnico e de R$98 para o superior, pagáveis até o dia 3 de setembro. A isenção pode ser pedida, dentro do prazo de inscrições, pelos cadastrados nos programas sociais do governo federal que forem membros de família de baixa renda.
As provas objetivas serão aplicadas no dia 11 de novembro, contendo 120 questões (do tipo “certo” ou “errado”), sendo 50 de Conhecimentos Básicos e 70 de Específicos. Além disso, haverá a parte discursiva: uma redação de 30 linhas. Os locais e horários estão previstos para o dia 26 de outubro. A primeira parte (básica) será formada por questões de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Noções de Legislação, Noções de Administração e Atualidades. Especialistas em Tecnologia da Informação, tanto técnicos quanto analistas, responderão a itens de Raciocíno Lógico em vez de Noções de Informática.
Será eliminado na prova objetiva quem ficar com menos de dez pontos na seção básica, 21 na específica e 36 na soma. Na discursiva, é preciso obter cinco ou mais, metade do total, além de classificação dentro do limite de textos corrigidos.
O resultado final das provas objetivas e o provisório das discursivas serão divulgados no dia 4 de dezembro. Inicialmente, o concurso será válido por dois anos, podendo ter a validade prorrogada pelo mesmo período.
Incorporada ao conteúdo das provas para técnico da área administrativa do TRT10, a disciplina Noções de Administração de Recursos Materiais tornou-se fundamental para quem deseja uma vaga na função. Passar em concurso é consequência de um processo acertado e eficiente que começa, necessariamente, com a definição de uma meta (específica). Considerando que ela seja o concurso do TRT-10 e o cargo seja técnico administrativo, você vai precisar estudar Administração de Materiais.
No último concurso do tribunal, em 2004, a matéria foi cobrada somente para o cargo de analista da área administrativa, de nível superior. Contudo, o programa da disciplina era formado por dois tópicos apenas. Na seleção atual, ela está dividida entre sete temas principais, cada um com diversos subtemas.
Para o professor Márcio, esse nível de especificação pode ajudar a planejar os estudos. No passado, o Cespe incluía no edital somente o termo “Administração de Recursos Materiais” ou “Noções de Administração de Materiais”. No caso do TRT, o edital incluiu os subitens desse conteúdo, detalhando os tópicos que serão cobrados na prova. Isso facilita na hora de definir o que estudar. Estude os tópicos que foram relacionados.
Vamos lembrar  que esse planejamento deve conter uma ordem bem definida. Não é adequado estudar por exercícios antes de estudar o conteúdo (teoria). Quem faz exercícios sem a teoria tem uma tendência natural de errar muito e o sentimento provocado é o de fracasso. Essa sensação, que pode causar desânimo no candidato, deve ser evitada estudando da forma correta.
A disciplina pode ser estudada em cursos preparatórios ou por meio de livros relacionados. Mas, como o assunto não é conhecido de todos,  aqui vai  um método: Para aprender o desconhecido, faça uma relação com o conhecido. É importante para o processo de memorização a relação do que estamos estudando (desconhecido) com algo do nosso dia a dia (conhecido). Depois de conhecer o conteúdo, deve-se fazer o máximo de questões possível. Toda banca tem um padrão e fazer exercícios faz você descobrir esse padrão.
Fonte: Folha Dirigida

Tags:


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑