Administrativa no image

Publicado em 22/03/2013 | por Mestre

TRT 2ª Região

Tribunal já faz levantamento  de vagas…
O Tribunal Regional do Trabalho da 2ª região (TRT-SP), com sede na capital paulista, já iniciou o levantamento do número de vagas que serão oferecidas em seu concurso público para os cargos de técnico e analistas judiciários em diversas áreas de atuação. As especialidades já foram definidas e a expectativa é de que o levantamento de vagas seja encerrado nos próximos dias, uma vez que o órgão tem pressa em realizar o concurso. A publicação do edital está prevista para ocorrer ainda neste semestre. Os salários iniciais são de R$4.703,08 para técnicos e R$7.261,52 para analistas. Para concorrer a técnico é necessário possuir ensino médio e para analistas, formação de nível superior.
No caso de técnico, normalmente a área mais almejada pelos candidatos é a administrativa, que exige apenas ensino médio, sem nenhuma complementação específica. Além desta, outras específicas já foram confirmadas para o concurso, nas seguintes  áreas: Digitação, Enfermagem, Operação de computadores, Tecnologia da informação, Artes gráficas, Carpintaria e marcenaria, Estrutura de obras e metalurgia, Telecomunicações e eletricidade, Mecânica, Apoio de serviços diversos, Copa, Telefonia, Transporte e Segurança.
Para os analistas, as áreas mais almejadas são a administrativa, para quem possui formação em qualquer área de nível superior; judiciária e judiciária – execução de mandados, ambas com exigência de formação na área de Direito. Outras áreas específicas já confirmadas são: Contabilidade, Tecnologia da informação, Biblioteconomia, Clínica Geral, Medicina do Trabalho, Cardiologia, Psiquiatria, Psicologia, Estatística e Arquivologia.
Mesmo ainda sem definição da oferta de vagas, os interessados em participar do concurso devem ter em mente que a quantidade de nomeações costuma superar a oferta de vagas. No último concurso, realizado em 2008, embora fossem oferecidas inicialmente apenas 21 vagas, durante o prazo de validade, encerrado em 18 de fevereiro, foram convocados 5.019 servidores, sendo 2.630 técnicos e 2.389 analistas. Na ocasião foram registrados 94.808 inscritos, sendo 53.519 somente para a carreira de técnico na área administrativa.
Para analista na área administrativa foram 11.430 e na judiciária, 17.661. A organizadora foi a Fundação Carlos Chagas. No caso de técnico na área administrativa, a prova objetiva foi composta de 60 questões, sendo 30 de Conhecimentos Gerais, com peso um, e 30 de Conhecimentos Específicos, com peso dois. Em Conhecimentos Gerais  foram 20 questões de Língua Portuguesa, cinco de Raciocínio Lógico e cinco de Informática.
Fonte: Folha Dirigida

Tags: , , , , , , , ,


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑