Administrativa no image

Publicado em 06/09/2012 | por Mestre

TRT / RJ

Em Andamento
Previsto para ser lançado na segunda quinzena deste mês, o edital do concurso para técnicos (nível médio) e analistas (superior) judiciários do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ) continua tramitando entre os setores do tribunal, para, em seguida, ser encaminhado à Fundação Carlos Chagas (FCC), organizadora, a fim de que a mesma possa divulgá-lo. A remuneração inicial prevista é de R$4.762,96 para técnico judiciário, R$7.321,39 para analista das áreas administrativa e judiciária e de R$10.195,05 para analista em execução de mandados, cargos já confirmados na seleção. Em todos os valores, já estão incluídos os R$710 de auxílio-alimentação. Na remuneração do analista em execução de mandados, também já estão inseridos os R$1.344,97 de auxílio-transporte.
O presidente da Comissão do Concurso, desembargador César Marques Carvalho, já declarou que o edital trará, inicialmente, 200 vagas imediatas, sendo 100 para técnico e 100 para analista. No entanto, César explicou que um número de convocações bem acima do estabelecido deverá ocorrer ao longo da validade da seleção, de dois anos, podendo dobrar. “Nosso método de trabalho agora será totalmente eletrônico, não vai ter mais papel, então algumas pessoas vão acabar se aposentando por conta disso. Passamos também por um período longo sem concursos e, por essa razão, o quadro envelheceu. Logo, as pessoas chegaram na fase de aposentadoria e isso vai gerar muitas vagas para a frente”, disse, acrescentando uma estimativa de quantos poderão ser chamados.
“Com tudo isso, vamos gerar mais vagas e o volume de contratações vai ser bem maior. Esse número muito provavelmente vai chegar a 1.500 convocados e, possivelmente, a 2 mil”, disse. As oportunidades também decorrem da lei que criou 209 vagas nos cargos de técnico e analista do TRT-RJ e 12 novas varas do trabalho. No momento, estão sendo chamados os aprovados dos concursos ainda em vigor para preencher essas vagas, mas o desembargador já adiantou que muitos já estão em outros empregos e, por conta disso, não compareceram para a posse, o que vai gerar sobra de vagas para a nova seleção.
Atualmente, o déficit de servidores no TRT-RJ é de pelo menos 300 pessoas. “Há carência tanto de técnico, quanto de analista”, garantiu o desembargador, afirmando que os aprovados tomarão posse no início de 2013. “O ideal seria fazermos o concurso para chamarmos os primeiros classificados, no máximo, até dezembro. No entanto, a maior possibilidade é de que chamemos em janeiro ou fevereiro, pois ainda tem toda a parte médica, que demora um pouco.” O presidente da Comissão do Concurso também adiantou que o período de inscrições será de um mês, e que as provas objetivas serão aplicadas no fim de novembro ou início de dezembro. Para quem quer adiantar os estudos, basta tomar como base o processo seletivo do último concurso para estas funções, ocorrido em 2008. Segundo ele, tudo será exatamente igual, exceto por um ponto do programa que não será exigido dessa vez: conhecimentos em BrOffice.
“O edital estará quase igual ao do concurso anterior. A única diferença relevante que eu posso adiantar é que, dessa vez, não será preciso ter conhecimentos sobre BrOffice, que foi abolido. Tirando isso, a princípio, teremos as mesmas fases, incluindo os exames de saúde no final do processo seletivo. As disciplinas continuam as mesmas para cada cargo. Haverá também uma prova de redação no mesmo dia da objetiva, e a recomendação que eu deixo é para que estudem o novo acordo ortográfico, pois ele já está em vigor e será pedido nas avaliações.”
Fonte: Folha Dirigida

Tags:


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑