Administrativa no image

Publicado em 13/12/2012 | por Mestre

TRT / RJ

Taxa somente até Quarta….
Quem se inscreveu no concurso para técnico e analista judiciários do Tribunal Regional do Trabalho do Estado do Rio do Janeiro (TRT-RJ), deve ficar atento ao prazo final para o pagamento da taxa, de R$58 (técnico) ou R$79 (analista). Os valores poderão ser quitados até a próxima quarta, dia 19 deste mês, em qualquer agência bancária.
Até o momento, o tribunal recebeu 56 mil inscritos no concurso para 43 vagas, porém a distribuição por cargo/especialidade ainda não foi informada. No entanto, o presidente da comissão do concurso, desembargador Cesar Marques Carvalho explicou que devido à prorrogação das inscrições, que foram aceitas até o último dia 3, o quantitativo de inscritos na seleção deverá aumentar. A expectativa é de que número final seja divulgado até o término deste mês.
Os cartões de confirmação, contendo informações sobre o local e horário da prova objetiva e da redação, serão liberados em breve pela Fundação Carlos Chagas (FCC), no site da organizadora. O informativo também será enviado para os e-mails dos candidatos. Todos serão avaliados, no dia 27 de janeiro do ano que vem, por meio de uma prova com 60 questões objetiva, abrangendo Português, Informática, Matemática e Raciocínio Lógico, além de Conhecimentos Específicos nas respectivas áreas. Haverá, ainda, uma segunda fase, composta de redação.
Só terão as redações corrigidas aqueles que forem aprovados na prova de múltipla escolha e ficarem classificados entre os 800 primeiros para analista judiciário da área judiciária, 400 para analista judiciário da área judiciária em execução de mandados, 400 para analista judiciário na área administrativa e mil para técnico judiciário da área administrativa.
Os aprovados serão contratados pelo regime estatutário, que garante estabilidade empregatícia. O prazo de validade da seleção é de dois anos, podendo ser prorrogado pelo mesmo período. Os iniciais oferecidos são considerados excelentes: variam de R$4.762,96 a R$10.195,05, já incluindo R$710 do auxílio-alimentação.
Das 43 vagas que serão preenchidas inicialmente no tribunal, 38 (duas para deficientes) são para técnico judiciário. A professora de Direito do Trabalho, Maristela Campos, que deu dicas para uma melhor preparação. Ela listou alguns dos tópicos mais importantes a serem estudados. “É preciso ler com atenção os dispositivos legais que não foram recepcionados pela Constituição de 1988, sendo eles o Artigo nº59, Parágrafo 1º e Artigo nº61 Parágrafo 2º da CLT: agora o adicional de horas extras é e 50%; Artigos nº84 e nº86: porque o salário mínimo é nacionalmente unificado; Artigos nº487, I da CLT: o prazo mínimo de aviso prévio é de 30 dias e não de oito; Artigos nº477, “caput”, nº478 e nº492: são normas que regulamentavam a estabilidade decenal; e Artigo nº503 da CLT: a redução salarial não é permitida por motivo de força maior e de prejuízos comprovados”, apontou.
A especialita orienta os candidatos a lerem com bastante atenção os 58º ao 62º, 66º, 71º, seguintes artigos: 7º ao 11º da Constituição Federal; 2º ao 7º; 10º; 58º ao 62º; 66º; 71º e 448º da CLT. “Também são imprtantes os artigos 73, 129, 149, 442 ao 456 e 468 ao 470, 471 ao 476-A da CLT. Já em relação à organização sindical, os artigos que restringem a autonomia sindical violam a Constituição Federal de 1988”, ressaltou.
Para finalizar, Maristela Campos exemplificou a melhor forma de se preparar para o concurso do TRT-RJ. “Os candidatos devem estudar  através da leitura dos dispositivos legais, não só os consolidados, como também o artigo 7º da Constituição Federal, assim como das Súmulas e Orientações Jurisprudenciais do TST”, afirmou.
Fonte: Folha Dirigida

Tags:


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑