Administrativa no image

Publicado em 30/08/2012 | por Mestre

TRT/RJ

Cronograma em definição
O cronograma do concurso para técnico (nível médio) e analista (superior) judiciários do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ) continua sendo analisado por diversos setores do órgão. Assim que for aprovado, será encaminhado à organizadora Fundação Carlos Chagas (FCC), que o divulgará em seguida. Na semana passada, o presidente da comissão do concurso, desembargador César Marques Carvalho, informou que o edital deve sair na segunda quinzena de setembro, proporcionando inicialmente 200 vagas imediatas, sendo 100 para técnico e 100 para analista. O prazo para inscrição será de um mês, e as provas objetivas e de Redação devem ser aplicadas no final de novembro ou no início de dezembro, ainda segundo o presidente. O presidente já adiantou que o programa das provas deverá ser o mesmo do último concurso para as funções, ocorrido em 2008. “O processo seletivo será igual ao do concurso anterior, ocorrido em 2008, com apenas uma modificação: foram excluídas as noções de BrOffice. O restante está tudo igual. Os futuros candidatos podem estudar tranquilamente, pelo edital do último concurso, que todos se darão bem na hora da prova.”
Em 2008, os concorrentes foram submetidos a provas objetivas e discursivas, de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Noções de Informática e Conhecimentos Específicos. Houve, ainda, uma redação, comum a todos os candidatos, e provas práticas de digitação para analista judiciário das áreas judiciária e administrativa, além de técnico judiciário da área administrativa. Em Conhecimentos Específicos, estavam contempladas as matérias de Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito do Trabalho, Noções de Direito Processual do Trabalho e Noções de Direito Constitucional. Para o desembargador, a dica mais importante que ele pode dar aos futuros candidatos é para que todos tenham muita atenção na prova de Redação. “Esta avaliação é ainda a que mais reprova os concorrentes, seguida pela disciplina de Língua Portuguesa. Não se esqueçam de que o novo acordo ortográfico será observado e considerado na Redação. Para mim, essas são as partes mais importantes”, aconselhou.
As remunerações iniciais para os novos servidores serão de R$4.762,96 para técnico judiciário, de R$7.321,39 para analista das áreas administrativa e judiciária e de R$10.195,05 para analista em execução de mandados. Em todos os valores, já estão incluídos os R$710 de auxílio-alimentação. Na remuneração do analista em execução de mandados, também já estão inseridos os R$1.344,97 de auxílio-transporte. Um dos pontos positivos da seleção é o regime de contratação, o  estatutário, garantindo a estabilidade dos servidores. Além disso, a expectativa de contratação é alta ao longo da validade (de dois anos, podendo dobrar), pois o desembargador César Marques afirmou que muita gente vai ou já está se aposentando, o que gera constantemente mais vagas, sem contar com a lei que cria as 12 varas e 209 cargos e com o projeto de lei que prevê 590 novas oportunidades para analistas judiciários do TRT-RJ (atualmente no CNJ).
Fonte: Folha Dirigida

Tags:


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑