Notícias no image

Publicado em 27/10/2011 | por alessandra.maia

Você sabe qual é a função de um papiloscopista na polícia?

O papiloscopista é um policial especializado em trabalhar com identificação humana, geralmente, essa identificação é feita por meio das papilas dérmicas dos dedos da mão (identificação dactiloscópica) ou dos pés (podoscopia). Sem contar que também pode ser feita através das papilas contidas na palma da mão (quiroscopia). Por enquanto, o processo de identificação mais utilizado pela Polícia Judiciária é o da identificação dactiloscópica, base científica ainda não posta em dúvida.

Esse policial trabalha com os vestígios papiloscópicos humanos – parte que identifica o autor de um determinado crime. Essa atividade se difere da dos peritos criminais, que trabalham com todas as provas materiais de um crime, para que seja possível determinar a materialidade do delito e identificar o autor do crime, usando, além da papiloscopia, técnicas como o exame de DNA.

É de responsabilidade deste profissional a coleta de vestígios papiloscópicos nos locais do crime e nos diversos suportes, que tenham relação. O papiloscopista tem uma participação importante na identificação de vítimas desconhecidas e, principalmente, nos casos em que há cadáveres em estado adiantado de putrefação. Nessa situação, eles usam a técnica da “luva cadavérica”, processo no qual retiram a derme da mão da vítima formando uma luva que é colocada na mão do próprio papiloscopista para coletar as impressões digitais.

Interessou-se pela profissão? Sabia que o Mestre dos Concursos oferece o curso completo para o concurso de papiloscopista da Polícia Civil de São Paulo?!

Para que você tenha mais informações sobre essa profissão visite o site da Federação Nacional dos Profissionais em Papiloscopia e Identificação (Fenappi).

Tags: , , , , , ,


Sobre o autor



One Response to Você sabe qual é a função de um papiloscopista na polícia?

  1. admin says:

    Prezado Mauro, você deve procurar as atribuições do cargo de papiloscopista, pois retrato falado faz parte sim, mas não é só isso…
    Att,
    Equipe de Atendimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑